Van Gaal vai de gênio a cornetado e lamenta por não poder trocar goleiro que nunca pegou pênalti

André Donke, Antônio Strini, Igor Resende, Jean Santos e Ricardo Zanei
Getty
Cillessen nunca pegou um pênalti em toda a sua carreira
Cillessen nunca pegou um pênalti em toda a sua carreira

O futebol é mesmo baseado em resultados. Louis van Gaal resolveu trocar de goleiro momentos antes da disputa de pênaltis nas quartas de final da Copa do Mundo. Chegou a ser considerado louco, mas viu Krul salvar sua barra em campo e passou a ser gênio. Nesta quarta-feira, porém, a história mudou mais uma vez. O comandante gastou todas as suas substituições ainda no começo da prorrogação e não pôde fazer a troca e tirar Cillessen de campo.

O problema é que Cillessen nunca pegou nenhum pênalti em sua carreira. E hoje não foi diferente. O goleiro holandês até chegou a encostar na bola na cobrança decisiva de Maxi Rodríguez, mas não evitou o gol e chegou à marca de 20 pênaltis cobrados contra ele e nenhum defesa sequer.

Para piorar, estava do outro lado um goleiro que estava mais que acostumado com a pressão das penalidades. Romero pegou duas cobranças, aumentou seu percentual de defesa em pênaltis para 21% e garantiu a Argentina decisão da Copa do Mundo.

O suficiente, claro, para gerar críticas e brincadeiras na Internet tanto com o treinador quanto com o goleiro. "Van Gaal pagou por não ter colocado o Krul em campo", dizia uma das postagens na rede social. "Foi por isso que Cillesse se irritou por ser substituído?", indagava outra. "Achava que Van Gaal só trocou o goleiro por conta do fator psicológico. Até ver o Cillessen hoje", dizia outra.

O próprio Van Gaal admitiu após a partida que queria mesmo trocar o goleiro mais uma vez. Só não o fez porque foi atrapalhado pelas circunstâncias da partida. "Se eu tivesse tido a oportunidade, eu teria feito esta substituição, mas eu já tinha feito três, então, não poderia mais fazê-la...", disse.

"Coloquei o Janmaat e tirei o Martins Indi, que já tinha amarelo e tinha que marcar o Enzo Perez, mas estava chegando atrasado e não achei que estava fazendo corretamente o que eu pedi. O De Jong, tirei porque não queria arriscar, além disso, ele estava no meio, é volante, e o Clasie poderia jogar muito melhor indo à frente, eles têm características diferentes... E o Van Persie eu substituí porque ele estava exausto", completou, explicando todas as substituições que fez na partida.

Comentários

Van Gaal vai de gênio a cornetado e lamenta por não poder trocar goleiro que nunca pegou pênalti

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.