Semifinal em São Paulo tem um minuto de silêncio por Di Stéfano e argentinos de luto

André Donke, Antônio Strini, Igor Resende, Jean Santos e Ricardo Zanei, de SP
Reuters
Jogadores da Argentina com tarjas pretas em luto por Di Stéfano
Jogadores da Argentina com tarjas pretas em luto por Di Stéfano

A morte de Alfredo di Stéfano, na última segunda-feira, não passou incólume na Copa do Mundo. Nesta quarta, antes de Argentina x Holanda pela semifinal, foi prestada uma homenagem na Arena Corinthians com o pedido de um minuto de silêncio.

Os jogadores da bicampeã mundial entraram com tarjas pretas no braço esquerdo pelo luto.

Um dos maiores jogadores da história, Di Stéfano morreu aos 88 anos, em consequência de uma parada cardíaca. Ele passou por River Plate e Millonários antes de estourar no Real Madrid e também atuou pelas seleções argentina e espanhola.

No entanto, não disputou uma única partida de Copa do Mundo.

Argentinos não perdem a conta em goleada da Alemanha, mas lamentam: Queríamos pegar Brasil na final
Comentários

Semifinal em São Paulo tem um minuto de silêncio por Di Stéfano e argentinos de luto

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.