CBF divulga nota, fala em 'ética médica' no caso Neymar e promete tomar medidas

ESPN.com.br
Getty
Neymar não atuará mais na Copa do Mundo após fraturar a vértebra
Neymar não atuará mais na Copa do Mundo após fraturar a vértebra

A divulgação de uma informação equivocada de que Neymar poderia atuar na decisão da Copa do Mundo caso a seleção brasileira passe pela Alemanha gerou burburinho na CBF. A entidade divulgou nota oficial em que promete 'tomar medidas da ética médica', a serem encaminhadas ao Conselho Federal de Medicina.

O entrevero ocorreu depois de matéria veiculada pelo Globoesporte.com em que dizia que Neymar havia recorrido a especialistas para conseguir atuar em uma possível final. O ESPN.com.br antecipou, em seguida, que o departamento médico da CBF rechaçou completamente a ideia e enterrou as chances de Neymar atuar na decisão.

O que teria ocorrido é que, em conversa com médicos do Santos neste sábado, Neymar se animou ao ouvir que poderia realizar um tratamento alternativo com infiltrações de analgésico para isolar a dor e atuar na decisão da Copa. O atleta, aliado ao fato de que já sente dores menos fortes do que sentia neste sábado, passou a sonhar em jogar a final.

Neymar se machucou após jogada com o colombiano Zuñiga, que entrou com o joelho por trás e fraturou a vértebra L3 da coluna do atacante. O tempo de recuperação vai de quatro a seis semanas, e o camisa 10 deve ficar sem jogar por até 45 dias.

Confira, abaixo, nota oficial divulgada pela CBF sobre o tema:

A CBF esclarece que o atleta Neymar, com fratura estável de apófise transversa de L3, com excelente prognóstico à sua vida de atleta, desde que a consolidação da mesma se faça no tempo que a boa prática médica requer, e que condutas açodadas colocam em risco sua vida futura como atleta conforme as propagadas em alguns informes de mídia, por colegas médicos, o que, óbvio, não muda a conduta da comissão médica da Seleção Brasileira.

As medidas da ética médica, que requer o caso, serão encaminhadas à análise do Conselho Federal de Medicina para os procedimentos cabíveis ao caso, ao nosso ver de extrema gravidade aos artigos de nosso código de condutas.

'Linha de Passe' debate se ausência de Neymar pode motivar coletividade do Brasil
Comentários

CBF divulga nota, fala em 'ética médica' no caso Neymar e promete tomar medidas

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.