Seleção chega ao Rio; Neymar vai para Teresópolis de ambulância

ESPN.com.br
Neymar deixa o hospital com a mão no rosto; atacante não deve passar por cirurgia

Festa pela classificação para a semifinal, tristeza pela perda de sua maior estrela. Foi nesse clima que a seleção brasileira desembarcou no Rio de Janeiro. Neymar, que sofreu uma fratura na vértebra e está fora da Copa do Mundo, veio de Fortaleza com a delegação e seguiu com o elenco para Teresópolis. O grupo foi para a cidade serrana de ônibus, enquanto camisa 10 foi em uma ambulância.

Poucos torcedores - cerca de 10 - e muita imprensa acompanharam o retorno da equipe ao Rio. O voo fretado chegou por volta de 1h20, e o elenco saiu da base aérea do Galeão em torno de 1h40, acompanhado por batedores. Às 3h10, a delegação chegoua à Granja Comary.

O ônibus da seleção foi seguido por duas ambulâncias. Uma sempre acompanha a seleção. A outra levava Neymar, o pai do jogador e o médico José Luis Runco. O atacante saiu de Fortaleza imobilizado, com uma cinta lombar, e foi no veículo para Teresópolis para maior comodidade, além de limitar os movimentos e diminuir a dor (ele deve ser tratado com analgésicos na primeira semana).

No retorno para o Rio de Janeiro, o craque ainda recebeu o apoio de seus companheiros com alguns abraços. O vídeo do momento de carinho dos jogadores com a principal estrela brasileira foi divulgado pela própria CBF.

Juca Kfouri: 'Para o Brasil vencer a Copa, terá que ser à moda Felipão, com a marca corintiana'

O Brasil vencia a Colômbia por 2 a 1 quando Neymar, aos 41min, sofreu uma entrada do lateral Zuñiga. O jogador mal conseguiu se mexer e, saiu de maca, aos prantos. O árbitro espanhol Carlos Velasco não marcou falta no lance.

A gravidade da lesão foi constatada na noite desta sexta-feira, por volta de 21h15, depois que Neymar passou por exames mais detalhados no Hospital São Carlos.

"Fratura na região da coluna. Não é grave, ele vai sentir dor por certo tempo. Infelizmente, não vai ter condição de jogar. O prazo é muito curto, é uma fratura que evolui muito bem, mas precisa de algumas semanas de recuperação, algumas semanas imobilizado com essa cinta", disse outro médico da seleção, Rodrigo Lasmar.

"Ele não precisa de tratamento cirúrgico. Mas vai ser necessário um repouso", continuou. O período estimado de recuperação é de quatro a seis semanas.

Trajano revela sentimento de luto após confirmação da lesão: 'Para Copa, Neymar morreu'

Atacado por torcedores nas redes sociais, Zuñiga afirmou, após o jogo, que o lance foi uma fatalidade. "Uma jogada normal. Nunca tive a intenção de machucar um jogador. No campo, jogo pela camisa do meu país, não sem a intenção de machucar. Estava apenas defendendo a minha camisa."

A CBF, no entanto, já manifestou seu descontentamento com a arbitragem. "Vamos cobrar a Fifa, sem dúvida. Queremos isenção. Queremos uma arbitragem segura e queremos explicações pelos erros cometidos. No jogo passado, Neymar foi perseguido o tempo todo. Hoje tiraram ele da Copa. Pior, nem cartão amarelo o atleta da Colômbia levou. E agora? O que vão fazer? A delegação está revoltada e chocada com o tratamento que estamos recebendo: erros de arbitragem e violência não coibida", afirmou o chefe da delegação brasileira, Vilson Ribeiro de Andrade, para o ESPN.com.br.

Ortopedista explica lesão que tirou Neymar da Copa e indica tratamento

A Fifa vai analisar neste sábado as imagens do lance e pode punir Zuñiga, mesmo depois de o colombiano não ter sido advertido em campo. O caso, juridicamente, é semelhante à mordida do uruguaio Luis Suárez no italiano Giorgio Chiellini. No gramado, não houve advertência, mas o uruguaio acabou suspenso depois que a entidade analisou os vídeos do polêmico lance.

A programação oficial da seleção prevê treino às 16h (horário de Brasília) para os jogadores que não começaram a partida contra a Colômbia e trabalho regenerativo para os titulares nas quartas de final. O médico José Luis Runco concede entrevista coletiva às 16h.

Sem Neymar e desfalcado também do capitão Thiago Silva, que cumprirá suspensão, o Brasil volta a campo na próxima terça-feira, contra a Alemanha, às 17h (horário de Brasília), pela semifinal da Copa, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil e do WatchESPN.

Comentários

Seleção chega ao Rio; Neymar vai para Teresópolis de ambulância

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.