Zagueiro deu início e fim à eliminação; Jara, o 'vilão' chileno

Felipe Mazmanian, do ESPN.com.br
Getty
Gonzalo Jara protagonizou dois lances fundamentais na partida contra o Brasil
Gonzalo Jara protagonizou dois lances fundamentais na partida contra o Brasil

O Brasil sofreu, penou demais para eliminar o Chile neste sábado no duelo pelas oitavas de final da Copa. E a classificação só veio nos pênaltis, no último da série de cinco para cada lado, batido pelos chilenos. Gonzalo Jara poderia ter dado sequência à disputa se convertesse a sua cobrança, mas acertou a trave, pôs fim à sonhada classificação vermelha e virou vilão.

Não só pelo erro no chute frente à frente com Júlio César, mas pelo todo. Ainda no primeiro tempo, aos 18 minutos, era o zagueiro de 29 anos quem estava na disputa com David Luiz na pequena área, após cobrança de escanteio desviada por Thiago Silva. Ele acabou tocando a bola e a vendo resvalar no brasileiro antes de ir para as redes.

Sim, Jara, camisa 18 e um dos mais experientes jogadores da seleção chilena e que atualmente defende o Nottingham Forest, da segunda divisão da Inglaterra, participou dos dois lances decisivos a favor do Brasil no jogo. Jara, que apesar da baixa estatura para um defensor, 1,78m, é um dos titulares absolutos do time de Sampaoli - soma 64 partidas defendendo sua seleção.

Não à toa, o zagueiro foi abraçado e consolado por vários de seus companheiros na árdua volta da grande área para o meio de campo. Olhava para cima, parecendo não acreditar no que acabara de fazer: pôr fim ao sonho do país de eliminar os anfitriões e passarem das oitavas de final depois de 52 anos.

Vale lembrar que Pinilla, atacante chileno que já atuou no futebol brasileiro pelo Vasco, perdeu a chance de desempatar a partida no último minuto da prorrogação em lance no qual acertou o travessão de Júlio César. No primeiro pênalti batido pelos chilenos, o atacante bateu no meio para a fácil defesa do goleiro brasileiro. 

E foi justamente a trave do gol que parou Pinilla a responsável por eliminar o Chile da Copa do Mundo. Jara partiu para a cobrança, Júlio César acertou ao ir para o seu  lado direito, mas o chute, forte e buscando a lateral da rede, acertou em cheio a trave. Festa verde e amarela no Mineirão, choro e tristeza vermelha

O apoio dos companheiros ajudou, mas certamente foi em vão. Mesmo que pense na falta de sorte, Jara se sentirá eternamente 'o vilão' da eliminação do Chile após um épico empate contra o Brasil.

Getty
O zagueiro Gonzalo Jara bateu o último pênalti do Chile na trave
O zagueiro Gonzalo Jara bateu o último pênalti do Chile na trave
Comentários

Zagueiro deu início e fim à eliminação; Jara, o 'vilão' chileno

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.