Fifa diz que investigará denúncia de manipulação de resultados por Gana

ESPN.com.br
Getty
Kwesi Nyantakyi, presidente da Associação Ganesa de Futebol estaria envolvido em esquema de corrupção
Kwesi Nyantakyi, presidente da Associação Ganesa de Futebol estaria envolvido em esquema de corrupção

A Fifa afirmou que investigará a denúncia de manipulação de resultados envolvendo a seleção de Gana. Na noite de domingo, o canal de TV Channel 4 e o jornal The Telegraph, da Inglaterra, publicaram uma reportagem denunciando um esquema de corrupção em amistosos. Os árbitros das partidas teriam sido escolhidos por uma empresa ligada a um grupo de apostadores, que combinaria um placar em troco do pagamento de US$ 170 mil (R$ 377 mil) por jogo.

A entidade afirmou que já entrou em contato com a Associação Ganesa de Futebol, que já negara publicamente as acusações, e prometeu investigar o caso a fundo.

"Estamos cientes da reportagem. Falamos com a federação ganesa. Estamos avaliando o caso", afirmou a porta-voz Delia Fischer, em entrevista coletiva no Maracanã.

Após expressar, na última semana, preocupação com uma possível manipulação de resultados na partida desta segunda-feira entre Brasil e Camarões, a Fifa ainda negou que haja risco de corrupção em qualquer jogo da Copa do Mundo-2014, e reforçou que o combate a este tipo de prática é uma prioridade.

"Não há preocupação sobre a integridade dos jogos da Copa do Mundo. É uma prioridade da Fifa. Levamos qualquer alegação de manipulação de resultados de partidas muito a sério", concluiu Fischer.