Paulistas engolem vaias, mas pedem Luis Fabiano na seleção

Lucas Borges, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Wander Roberto / Vipcomm
Torcida compareceu em peso ao Morumbi para torcer pela seleção
Torcida pediu Luis Fabiano na seleção brasileira

Diante de um pedido do técnico Luiz Felipe Scolari para que a torcida de São Paulo, normalmente pouco amistosa com a seleção brasileira, tivesse paciência durante o amistoso desta sexta-feira, com a Sérvia, os mais de 67 mil presentes no Estádio do Morumbi até que cooperaram.

Não houve vaias quando o goleiro Júlio César saiu jogando mal e quase 'entregou o ouro', quando os jogadores brasileiros erraram o alvo de longe no ataque ou quando Neymar prendeu demais a bola. O ex-santista Neymar, aliás, teve o nome gritado inúmeras vezes pelos fãs.

Até mesmo quando o árbitro apitou o final do primeiro tempo e o placar marcava 0 a 0, os protestos foram contidos. Parte do público aplaudiu em apoio.

A manifestação mais forte de desagrado com o time de Felipão surgiu no início da etapa final. A parte são-paulina do Morumbi, casa tricolor, falou mais alto, e ouviu-se pedidos por Luis Fabiano. O atacante do São Paulo, titular da seleção na Copa do Mundo de 2010, não estará presente nesta edição do torneio.

"Isso é normal do torcedor brasileiro, se fosse em Minas Gerais, iam pedir Tardelli, Jô. Claro que não é o que a gente gostaria de ouvir, mas não atrapalha", disse Fred, dono da camisa 9 e autor do gol da vitória brasileira.

Ensaiou-se vaias já com o Brasil vencendo por 1 a 0, por insatisfação com trocas de passes sem objetividade. Mas durou pouco. Scolari parece ter convencido os paulistas de que é preciso ajudar a equipe canarinho antes do início da busca pelo hexa.

Comentários

Paulistas engolem vaias, mas pedem Luis Fabiano na seleção

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.