Após vaias, 2 a 0 contra e um expulso, Ceará reage no fim e empata com o Náutico

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Veja os gols de Ceará 2 x 2 Náutico

A torcida vaiou o time ao fim da primeira etapa. No começo do segundo tempo, uma expulsão - do zagueiro Anderson -  e a vantagem de 2 a 0 para o adversário pareciam ter decretado o fim para o Ceará. Mas não.

Na tarde deste sábado, o time cearense conseguiu uma grande reação pela terceira rodada do Série B do Campeonato Brasileiro. No Castelão, o clube chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas conseguiu o empate no fim, aos 40 minutos do segundo tempo. Ricardinho e Gil fizeram para a equipe mandante, enquanto Raí e Elicarlos balançaram as redes pelos pernambucanos.

LEIA MAIS
Notícias, vídeos, tabela, classificação e artilharia da Série B

Com o resultado, o Ceará é o nono colocado na competição, com uma vitória e quatro pontos até aqui. O Náutico, por outro lado, é o quarto colocado, com cinco pontos.

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o Paraná, no sábado, às 21h, também no Castelão. Já o Náutico joga contra o Joinville fora de casa, às 16h20, também no sábado.

O jogo

Atuando em casa, o Ceará tomou a iniciativa ofensiva da partida e foi o primeiro a criar boas chances, sem conseguir aproveitá-las. Aos oito minutos, Tadeu recebeu com liberdade na pequena área, mas furou o chute. No minuto seguinte, ele bateu de longe, mas viu o goleiro Alessandro fazer boa defesa.

O Ceará continuou insistindo, mas acabou sendo punido por sua falta de eficiência nos minutos iniciais. Na primeira grande chance que teve, o Náutico não perdoou. Aos 24 minutos, o árbitro marcou falta para o Timbu na entrada da área. O lateral esquerdo Raí foi para a cobrança e bateu colocado para vencer a barreira e o goleiro Luís Carlos e fazer 1 a 0 no placar.

O clima frio do final da primeira etapa não se manteve no retorno das equipes e o segundo tempo teve um início eletrizante, que acabou determinando o tom do restante da partida.

Logo no terceiro minuto, Marinho invadiu a área do Ceará e foi derrubado por Anderson. O árbitro marcou pênalti e expulsou o jogador alvinegro, obrigando o treinador Sérgio Soares a mexer no time. Tadeu foi sacrificado para a entrada do zagueiro Alex Lima. Na cobrança da penalidade máxima, Elicarlos teve calma para deslocar o goleiro Luís Carlos e aumentar ainda mais a vantagem dos pernambucanos, que agora também tinham superioridade numérica.

Se a tendência era a de que o Ceará se encolhesse, apostando nos contragolpes, foi exatamente o contrário que aconteceu. O time da casa cresceu na partida e voltou a criar boas chances, como no início do jogo. Aos 21 minutos, em cobrança de falta, os cearenses chegaram ao seu primeiro gol. Ricardinho bateu bem e contou com falha de Alessandro para descontar.

O Náutico tratou de responder rápido. Aos 27 minutos, Marinho foi lançado em velocidade e tocou na saída do goleiro, para as redes. O árbitro marcou impedimento e o gol não valeu. O Ceará voltou a assustar com Sandro, completando cobrança de escanteio, e depois com Robinho, em chute da entrada da área.

A insistência alvinegra foi premiada. Aos 40 minutos, Gil recebeu bom passe de Magno Alves, cortou um zagueiro e bateu no canto do goleiro, deixando tudo igual. A torcida cresceu com o time da casa, mas o gol da virada não veio. Ao menos, ficou o sabor de vitória para os cearenses, que, com um a menos conseguiram buscar um empate improvável.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 X 2 NÁUTICO

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 3 de maio de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Márcio Luiz Augusto e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)
Cartões amarelos: Sandro, Ricardinho e Magno Alves (Ceará); Leonardo Luiz, Dê, Marinho e Zé Mário (Náutico)
Cartão vermelho: Anderson (Ceará)
Gols:
CEARÁ: Ricardinho, aos 21min, e Gil, aos 40min do 2º tempo
NÁUTICO: Raí, aos 25min do 1º tempo; Elicarlos, de pênalti, aos 4min do 2º tempo

CEARÁ: Luís Carlos; Samuel Xavier, Sandro, Anderson, Vicente; João Marcos, Ricardinho, Souza (Gil); Felipe Amorim (Robinho), Tadeu (Alex Lima) e Magno Alves
Técnico: Sérgio Soares

NÁUTICO: Alessandro; Jackson, Leonardo, William Alves e Raí; Dê, Yuri, Elicarlos e Zé Mário (Paulo Júnior); Marinho (Rodrigo Possebon) e Careca (Vinícius)
Técnico: Lisca

Comentários

Após vaias, 2 a 0 contra e um expulso, Ceará reage no fim e empata com o Náutico

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.