Por falsificação de documentos, seleção africana é suspensa por dois anos do futebol

ESPN.com.br

A CAF (Confederação Africana de Futebol) anunciou neste sábado que a seleção de Gâmbia será suspensa por dois anos do futebol, depois que dirigentes da entidade foram acusados de falsificarem documentos de atletas em torneio de juniores disputado no último mês de abril.

LEIA MAIS
Goleiro morre de maneira trágica no Gabão após levar pisão na cabeça

"O Comitê Executivo decidiu suspender a Associação de Futebol de Gâmbia por dois anos de todas as competições por desrespeito ao Artigo 37, Parágrafo 1º do regulamento do Campeonato Africano sub-20, que diz: 'é proibido tentar falsificar documentos'", escreveu a entidade, em comunicado.

FADEL SENNA/AFP/Getty Images
Gâmbia Marrocos Eliminatórias Copa do Mundo 2014 África 15/06/2013
Seleção de Gâmbia ficará suspensa por dois anos

Em 20 de abril, o Comitê Organizador do Africano sub-20 desqualificou a seleção de Gâmbia, depois que foi provado que cinco jogadores eram maiores de 20 anos.

Eles eram todos nascidos em 1994, enquanto o regulamento do torneio dizia que os atletas deveriam ter nascido no máximo até 1º de janeiro de 1995.

"O presidente da CAF, Issa Hayatou, reitera sua política de tolerância zero em caso de fraude, e urge aos membros do Comitê Executivo para que continuem sendo rígidos neste aspecto, para livrar de vez o futebol africano de práticas que violam a ética e a moral", completou o comunicado.

Com isso, Gâmbia já está automaticamente desqualificada da disputa das eliminatórias para uma vaga na próxima Copa Africana de Nações, em 2015, no Marrocos.

Comentários

Por falsificação de documentos, seleção africana é suspensa por dois anos do futebol

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.