Santos e fundo atrasam pagamento, e Inter já teme calote

Camila Mattoso e Marcus Alves, do ESPN.com.br
Divulgação/Santos
Lucas Lima, ex-Sport, foi um dos reforços do Santos para essa temporada
Lucas Lima, ex-Sport, foi um dos reforços do Santos para essa temporada

A Doyen Sports atrasou o pagamento de uma das parcelas na contratação do meia Lucas Lima e levou o Inter a fazer uma notificação extra-judicial ao Santos para tentar resolver amigavelmente a pendência financeira. O atleta anunciado pelo time alvinegro em fevereiro teve 80% de seus direitos econômicos adquiridos pelo fundo maltês ao custo de R$ 5 milhões e desembarcou na Vila Belmiro como uma das apostas para a atual temporada.

LEIA MAIS
Santos revê a mesma vítima de jejum de 2012 para vencer a primeira no Brasileiro
Em fase de transição, Edu Dracena já treina com bola no Santos
Santos vai atrás de Dória, se desanima com valores, mas não desiste do negócio

Não existe, por enquanto, qualquer risco de ele ser afastado por causa da dívida que se aproxima de dois meses em aberto.

A informação foi confirmada à reportagem pela diretoria gaúcha. Segundo ela, a expectativa é de que o dinheiro seja depositado ainda nesta semana, evitando, assim, um possível conflito entre os clubes em outra esfera.

"O pagamento do Lucas Lima venceu, sim, e houve essa notificação para tentarmos um acordo. Estamos conversando com o Santos e não pretendemos fazer qualquer cobrança pública desse valor", afirma a coordenadora do departamento jurídico do Inter, Mari Oliveira, ao ESPN.com.br. "Esperamos que eles possam levantar o dinheiro e pagar para não termos que chegar a outra esfera", prossegue.

O assunto vem sendo conduzido pela advogada e pelo presidente Giovanni Luigi.

"Queremos apenas que eles paguem o que prometeram", completa o vice de futebol da equipe, Marcelo Medeiros.

Nos bastidores, chegou a ser especulado a possibilidade dos pagamentos pelo centroavante Leandro Damião, que custou R$ 42 milhões, também se encontrarem atrasados, porém, a própria direção do Inter nega e explica que a próxima parcela vence nesta quarta-feira, com outros cinco dias úteis de tolerância em caso de problema financeiro.

O ESPN.com.br apurou que a Doyen Sports deve quitar a dívida por Lucas Lima na próxima semana. Segundo informações obtidas com as partes envolvidas, a demora no depósito tem a ver com a elaboração do contrato entre o fundo e o Santos, que tinha que apresentar garantias. Por causa do mesmo motivo, Damião teve a sua estreia com a camisa alvinegra adiada em diversas ocasiões.

Procurado pela reportagem, o Santos não se manifestou até a publicação da matéria.

Clique para ver os lances de Coritiba 0 x 0 Santos
Comentários

Santos e fundo atrasam pagamento, e Inter já teme calote

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.