Presidente confirma Kardec, chama Nobre de patético e ironiza Palmeiras: 'O choro é livre'

Marcus Alves, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br
Presidente do São Paulo chama Paulo Nobre de patético e juvenil e afirma: 'caminho do choro é fácil'

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta terça-feira, na sala de imprensa do Morumbi, o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, mandou um recado para o Palmeiras após o ataque realizado por Paulo Nobre em torno da saída do atacante Alan Kardec para o clube tricolor: "O choro é livre. Chore quem quiser".

LEIA MAIS
Presidente do Palmeiras confirma que Alan Kardec está fora e ataca São Paulo
Nobre lembra de briga da 2ª Guerra com São Paulo: sujo, antiético, sorrateiro
Em 2000, Evair deixou Palmeiras para buscar valorização no São Paulo
Atacante do presidente do Palmeiras fez 3 gols em 2014; renegados fizeram 25

"Queria dizer que a manifestação do presidente Paulo Nobre chega a ser patética, demonstra o tamanho do Palmeiras atualmente, que ano após ano se apequena com manifestação dessa altura", disparou Aidar.

'Vacilo' do Palmeiras ou São Paulo sem ética? Bancada do 'Linha' analisa

"O São Paulo perdeu diversos atletas ao longo das últimas temporadas, Dagoberto para o Inter, Oscar, Cafu e Antônio Carlos com ponte com o Juventude através do próprio (José Carlos) Brunoro ao saíram do clube. Todos eles assinaram o chamado pré-contrato, o Dagoberto seis meses antes, inclusive, e não ficamos chorando. Faz parte da regra do jogo. O futebol permite e, portanto, agiu dentro da legislação esportiva", prosseguiu.

O novo mandatário chegou para entrevista carregando uma sacola de bananas, segundo ele, compradas no caminho para o estádio após conferir a repercussão do episódio envolvendo o lateral-direito Daniel Alves, do Barcelona. Ainda negou qualquer tentativa de ironizar o rival Palmeiras com a atitude.

Aidar confirmou o acerto entre o São Paulo e o Benfica por 4,5 milhões de euros (R$ 14 milhões), valor anteriormente previsto de boca no acerto entre os portugueses e o rival alviverde. No contrato, no entanto, o investimento seria de 6 milhões de euros (R$ 18 milhões). Kardec ainda não respondeu a proposta, mas, em caso de 'sim', será necessário aguardar, a princípio, até a rescisão de seu atual vínculo em 14 de julho.

'Nobre não tem razão, teve chances de ter Kardec e não renovou' diz Trajano

"Time grande busca a permanência de seus atletas. O São Paulo obteve informação dos senhores e do próprio pai do atleta (Alan Kardec) que estava aberto a propostas. A negociação se encaminhava há meses e não caminhava. Procuramos o Benfica e, mais do que procurar, acertamos o valor, 4,5 milhões de euros (R$ 14 milhões) à vista. Acertamos com eles. Ainda não com o atleta. A proposta foi feita ontem ao agente do jogador, Marcos Casseb. Esperamos que ele aceita ao longo do dia ou até amanhã", completou.

Na segunda-feira, o presidente Paulo Nobre criticou a nova diretoria são-paulina e alegou suposta falta de ética na postura do time ao atravessar as conversas para a permanência em definitivo do artilheiro no Palestra Itália. Outros times como Corinthians, Grêmio e Atlético-MG também aguardavam o desfecho do assunto e entraram em contato com os palmeirenses para tranquilizá-los.

Kardec recebe atualmente R$ 160 mil no Palmeiras e gostaria de ganhar R$ 300 mil no novo vínculo. O acordo vinha sendo tratado entre idas e vindas desde fevereiro, com os representantes do clube tentando enquadrá-lo em seu sistema de produtividade. Depois de aceitar reduzir o seu vencimento em três ocasiões, o atleta e seu estafe perderam a paciência com a tentativa do time de barganhar e reduzir em R$ 20 mil o salário de R$ 220 mil.

Com ataque 'povoado', Arnaldo questiona: 'o que pretendem com Kardec?'
Comentários

Presidente confirma Kardec, chama Nobre de patético e ironiza Palmeiras: 'O choro é livre'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.