Guilherme admite derrota justa do Atlético e diz que não dá para sofrer como em 2013

ESPN.com.br

O atleticano Guilherme não tentou justificar a derrota do Atlético por 1 a 0 para o Atlético Nacional na ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Com a visão de quem acompanhou a partida em Medelín até os 39 minutos do segundo tempo e assistiu a inúmeras defesas de Victor, o atacante admitiu, o resultado foi merecido. Foram 25 finalizações do Nacional contra duas mineiras ao longo dos 90 minutos na Colômbia.

LEIA MAIS
Victor salva, mas Atlético perde no fim na Colômbia
'Não saímos das palavras para a ação', lamenta Autuori após derrota do Atlético

"Até certo ponto foi justo pelo volume de jogo que o Nacional teve, principalmente no segundo tempo. Foi um jogo difícil. É tentar reverter no Independência. Com certeza está aberto, no futebol a gente sabe como se formam as historias."

Reverter resultados negativos na Libertadores não é uma novidade para o Atlético, que foi campeão sul-americano em 2013 com uma campanha cheia de reviravoltas e episódios emocionantes, como as classificações sobre Tijuana, nas quartas de final e Newell's Old Boys, nas semis e o próprio título, em cima do Olímpia.

Mas o sincero Guilherme também não se apega a isso. "Não é esse o nosso objetivo, não dá para viver tudo aquilo de novo. É uma história que teve inicio, meio e fim, e queremos construir outro tipo de história, mas que a gente também saia vencedor."

Comentários

Guilherme admite derrota justa do Atlético e diz que não dá para sofrer como em 2013

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.