CBF consegue duas vitórias e devolve Portuguesa à Série B

Camila Mattoso, para o ESPN.com.br

* Atualizado às 19h15

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) teve duas vitórias nesta tarde. A primeira foi a de conseguir suspender a liminar que recolocava a Portuguesa na primeira divisão. O time paulista briga na Justiça pelos quatro pontos que teve retirados pela escalação irregular de Héverton contra o Grêmio, na última rodada do último Brasileirão. A informação é da própria CBF, mas ainda não foi publicada no site do Tribunal de Justiça de São Paulo.

LEIA MAIS
Lusa ganha a primeira batalha e consegue liminar na Justiça
CBF age para que Portuguesa cumpra decisão do STJ e aceite julgamento no RJ
Especialistas dizem que CBF não pode rebaixar ninguém e que Lusa pode se complicar

No mesmo instante, praticamente, o Superior Tribunal de Justiça também decidiu que nenhuma ação sobre o caso vale fora no Rio de Janeiro, na 2ª Vara da Barra da Tijuca, revogando a liminar da Lusa.



Na tarde desta quarta, o Ministério Público de São Paulo, que atua do mesmo lado da Lusa, sofreu uma derrota que já antecipava a decisão de agora. O órgão entrou com uma ação civil pública pedindo uma liminar que anulasse o julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas não conseguiu. Em seu recurso, recebeu uma segunda resposta negativa. Segundo o desembargador Edson Luis de Queirós, as regras do direito desportivo foram seguidas no caso Héverton e não há motivo para contestação.

Foi ele mesmo quem, nesta quinta, concedeu "efeito suspensivo" em relação à liminar do juiz Miguel Ferrari Júnior, autor da primeira decisão.

"Processe-se, com efeito suspensivo, em atendimento ao princípio da segurança jurídica e em razão do resultado de julgamento do recurso de agravo de instrumento 2040644-63.2014.8.26.0000, nos autos de ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, contra Confederação Brasileira de Futebol - CBF e Superior Tribunal de Justiça Desportiva - STJD, de minha relatoria, decidida pela R. 5a Câmara de Direito Privado do E. Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo", define Edson Luis de Queirós.

LEIA MAIS
Juiz encaminha ação de torcedor da Lusa para vara que concedeu primeira liminar
Assembleia Legislativa promove ato público a favor da Portuguesa
Em guerra com a CBF, Lusa declara voto para Del Nero

Veja o trecho da primeira decisão, do recurso do MP, repetida na segunda.



Ainda sem ter conhecimento das decisões, a equipe do jurídico da Lusa não quis falar sobre o assunto, mas já disse que deve recorrer mais uma vez. 

Comentários

CBF consegue duas vitórias e devolve Portuguesa à Série B

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.