Em primeiro jogo de sua história, Kosovo empata sem gols com o Haiti

ESPN.com.br
Getty
Seleção de futebol de Kosovo posa para foto
Seleção de futebol de Kosovo posa para foto: no primeiro jogo de sua história, time ficou apenas no empate

Sem filiação à Fifa, a seleção de Kosovo disputou nesta quarta-feira o primeiro jogo de sua história como país independente. Jogando na cidade de Mitrovica, a equipe da casa empatou por 0 a 0 com o Haiti, no Estádio Olímpico Adem Jashari com cerca de 17 mil torcedores.

Antes da partida, no entanto, os jogadores locais não puderam levantam a bandeira kosovar e nem cantar o hino nacional, já que a Sérvia não reconhece a independência de seu ex-território, proclamada em 2008. Nas arquibancadas, porém, bandeiras, símbolos e cânticos foram liberados.

A seleção de Kosovo jogou sem suas grandes "estrelas", como Shaqiri (Bayern de Munique e seleção suíça) e Januzaj (Manchester United), que podem optar por defender o time livremente em amistosos, já que a Fifa não pode impedir os atletas de vestirem a camisa de um país não-filiado. No estádio, diversas faixas pedindo a convocação dos atletas foram vistas.

LEIA MAIS
Superquarta tem 32 classificadas em campo: veja, em detalhes, a Copa antes da Copa
PASSAPORTE CARIMBADO: como está cada seleção a 100 dias da Copa do Mundo
WatchESPN transmite 3 partidas; Cabeça de chave, Bélgica recebe a Costa do Marfim

Entre os que entraram em campo, o mais conhecido era o meia Bunjaku, ex-Nuremberg e atualmente no Kaiserslautern, da Alemanha. O atleta já vestiu a camisa da seleção da Suíça, mas teve permissão para atuar por Kosovo, já que o país não é membro da Fifa.

Foram deles as principais chances criadas pelos anfitriões no duelo, na primeira etapa. Nas duas ocasiões em que esteve frente a frente com o goleiro Jean-Zéphirin, contudo, o arqueiro haitiano levou a melhor.

O gramado encharcado, porém, prejudicou muito o nível técnico da partida. Os locais buscaram o gol durante praticamente toda a partida, mas esbarraram na retranca armada pelo Haiti. Antes do empate desta quarta, o país centro-americano havia perdido sete de seus últimos 10 jogos. Em junho do ano passado, no entanto, os haitianos conseguiram um inimaginável 2 a 2 com a Itália, dias antes da Copa das Confederações.

A escalação que fez história em Kosovo foi: Ujkani; Pepa (Rexhepi), Sadiku (Krasniqi), Hasani e Raskaj; Perdedaj, Nushi, Gashi e Alushi; Bunjaku (Toski); Azemi (Kastrati).

"Foi fantástico, ainda que se nós tivéssemos marcado tudo teria sido perfeito", disse o goleiro Samir Ujkani depois do amistoso. Todos os ingressos foram vendidos em sete horas - eles custavam entre 3 e 10 euros (10 a 33 reais). "Você não pode perder um evento como esse. Não foi uma partida qualquer, isso foi história", falou o estudante Shpend Gashi, envolto em uma bandeira de Kosovo.

"Estou extremamente feliz. Foi a primeira vez em minha vida que eu foi capaz de gritar ‘Kosovo, Kosovo' para minha seleção", comemorou Arsim Bejtullahu, de 53 anos, bastante emocionado.

Comentários

Em primeiro jogo de sua história, Kosovo empata sem gols com o Haiti

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.