Na Copa da Liga Inglesa, o campeão não tem ingleses

Guilherme Nagamine, do ESPN.com.br
Getty
Manchester City foi campeão da Copa da Liga sem jogadores ingleses
Manchester City foi campeão da Copa da Liga sem jogadores ingleses

Pantilimon; Zabaleta, Kompany, Demichelis e Kolarov; Nasri, Fernandinho, Yaya Touré e David Silva; Dzeko e Aguero. Quando o hino inglês tocou no estádio Wembley no último domingo, nenhum destes jogadores, por razões óbvias, entoou a letra. Nem mesmo Jesús Navas, Javi García e Álvaro Negredo, que entraram no decorrer do jogo.

LEIA MAIS
Manchester City vira em 2 minutos, espanta zebra e conquista Copa da Liga Inglesa
Fernandinho celebra título da Copa da Liga pelo City: 'Primeiro de muitos'
Veja os melhores momentos de Manchester City 3 x 1 Sunderland

Em comum, o fato de nenhum deles serem ingleses. De curiosidade, o fato de formarem o primeiro time campeão da Copa da Liga sem jogadores ingleses em campo na final.

Getty
Navas e Negredo seguram o troféu da Copa da Liga
Navas e Negredo seguram o troféu da Copa da Liga


Dos 18 jogadores relacionados por Manuel Pellegrini para a decisão vencida pelo Manchester City contra o Sunderland, apenas três atletas eram da casa, por assim dizer: o goleiro Joe Hart, o zagueiro Joleon Lescott e o meia James Milner.

A globalização na equipe dos Citizens, controlado por um grupo investidor dos Emirados Árabes Unidos, não é um fenômeno recente nos clubes de elite da Inglaterra. Cada vez mais aberta a estrangeiros, a própria Premier League viu Arsenal e Chelsea, por exemplo, escalarem times inteiramente formados por estrangeiros na última década.

A tendência de investir em estrangeiros se manteve para este ano. Segundo estudo feito pelo consultoria Deloitte, os clubes da Premier League investiram cerca de R$ 2,4 bilhões em transferências entre julho e agosto de 2013. Deste montante, R$ 235 milhões, ou quase 10% do total, foram gastos em atletas nascidos na Inglaterra.

A discussão do uso de mão de obra estrangeira na Inglaterra ganhou voz de três diferentes personagens do futebol local no ano passado. O primeiro a opinar sobre o fluxo crescente de estrangeiros no país foi o técnico da seleção local, Roy Hodgson.

"Fui em alguns jogos e não há jogadores ingleses (em campo). Precisamos ter cuidado ao falar sobre isso, já que dois terços dos atletas da Premier League são estrangeiros. Temos um dos menores índices de atletas da casa na nossa liga comparado aos outros campeonatos e isso pode prejudicar a seleção", afirmou em abril de 2013.

Getty
Capitão do Manchester City, Kompany segura a bandeira da Bélgica ao lado francês Nasri
Capitão do City, Kompany segura a bandeira da Bélgica 


Em setembro, foi a vez de Greg Dyke, então recém-empossado presidente da FA (Football Association, a CBF inglesa) a se manifestar sobre o assunto. "É preciso trabalhar também com a Premier League para melhorar a seleção. Alguns clubes investem pesado na base, mas precisamos ver o retorno. Se nossos melhores atletas jovens não jogam, então temos um sério problema", disse, em setembro.

Dias depois, foi a vez de Rio Ferdinand, zagueiro do Manchester United, dizer que o alto número de estrangeiros poderia prejudicar a seleção. "Acho que deveria ter uma lei que ao menos estipulasse um número mínimo de jogadores ingleses no elenco. Sei que as leis europeias não deixariam existir algo neste sentido, mas algo precisa ser feito para proteger o futuro e o legado do futebol inglês", disse ao jornal Mail on Sunday.

A Premier League mantém em vigor, desde 2010-2011, a regra chamada de Homegrown Players, que estabelece que os time tenham, no máximo, 17 jogadores acima de 21 anos que não tenham sido criados nas categorias de base da própria equipe no elenco para o torneio. A norma visa manter viva a tradição de revelar atletas, embora não estabeleça que eles precisem ser ingleses.

Certo mesmo é que será quase impossível ver uma equipe vencer a Copa da Liga com onze jogadores ingleses em campo, como o Nottingham Forest, de Brian Clough, fez na temporada de 1990 na final contra o Oldham Athletic.

Veja os gols de Manchester City 3 x 1 Sunderland na final da Copa da Liga Inglesa
Comentários

Na Copa da Liga Inglesa, o campeão não tem ingleses

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.