Barcelona anuncia que pagou R$ 43 milhões para encerrar 'caso Neymar'

Thiago Arantes, de Barcelona, para o ESPN.com.br
Neymar leva pancada no tornozelo e tem atuação discreta na derrota do Barcelona para a Real Sociedad
O Barcelona confirmou nesta segunda-feira, em comunicado enviado à imprensa, que pagou 13,5 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões) no processo de sonegação fiscal referente à contratação de Neymar.

LEIA MAIS
Filme sobre Messi começa a ser rodado e terá roteiro de ídolo do Real Madrid
Com Neymar em destaque, jornais catalães detonam atuação do Barcelona
Piqué sofre lesão na panturrilha e desfalca o Barcelona por duas semanas
Veja os gols de Real Sociedad 3 x 1 Barcelona

O clube catalão respondia na Justiça, desde a semana passada, à acusação de não ter tributado 37,9 milhões de euros (R$ 125 milhões) do contrato do brasileiro. O valor, que o Barcelona alegava ser de extras, foram considerados rendimentos salariais e, portanto, estão sujeitos a tributação. No domingo, chegou-se a dizer que o valor seria de 9,1 milhões de euros (cerca de R$ 29,5 milhões).

Na semana passada, o juiz Pablo Ruz, da Audiência Nacional, acusou o Barcelona, como pessoa jurídica, por fraude fiscal na contratação do ex-atacante do Santos. O juiz concluiu que Neymar tinha no momento da contratação pela equipe espanhola a condição fiscal de "não residente", por isso "a obrigação de tributação corresponderia ao pagador, o Barcelona".

O ‘caso Neymar' - como ficou conhecida a disputa judicial sobre o contrato do brasileiros - começou a ser notícia em dezembro, quando Jordi Cases, um sócio do Barcelona, apresentou denúncia contra o então presidente Sandro Rosell, que não teria declarado parte do valor pago pelo brasileiro.

Em janeiro, o diário El Mundo publicou reportagem dando detalhes do contrato. Enquanto o Barcelona afirmava oficialmente que o custo da contratação era de 57,1 milhões de euros, o jornal apontava um valor de 92 milhões.

Na mesma semana, Sandro Rosell deixou a presidência do clube, alegando que não queria responder às acusações enquanto estivesse no cargo. No dia seguinte à renúncia de Rosell, o novo presidente, Josep Maria Bartomeu, mostrou os valores do contrato de Neymar, que chegavam a 86 milhões.

Exaltado, pai de Neymar explica a transferência do filho para o Barcelona; veja a 1ª parte
Veja a 2ª parte da explicação do pai de Neymarsobre transferência do craque ao Barcelona 
Comentários

Barcelona anuncia que pagou R$ 43 milhões para encerrar 'caso Neymar'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.