Acelerado, Santos massacra 'sonolento' Corinthians e leva adversário à crise

ESPN.com.br
Veja os melhores momentos de Santos 5 x 1 Corinthians

Uma atuação soberba. Um time envolvente. Um time sonolento. Santos e Corinthians realizaram o clássico dos opostos. Enquanto um lado, o praiano, procurou jogar futebol, o outro apenas admirou o espetáculo do rival. Melhor para a torcida presente no Estádio da Vila Belmiro, que testemunhou a histórica goleada santista sobre o arquirrival: 5 a 1. Sim, cinco a um.

LEIA MAIS:
Santos confirma venda de Montillo para o futebol chinês
'Neymar pai sempre me disse que nunca recebeu dinheiro do Barcelona', diz Odílio
Juventus sonda Alexandre Pato, mas Corinthians rejeita tentativa de empréstimo

O cenário na Vila Belmiro relembrou ao título brasileiro de 2002. Há quase 12 anos, Robinho e Diego, garotos, acabaram com o Corinthians. Desta vez, Geuvânio e Gabriel assinaram com louvor o seu nome dentro do clássico; muito com a ajuda de Arouca, dono de uma atuação soberba diante de um rival desmotivado, fora de ritmo e perdido taticamente em campo.

A atuação excepcional deixa o Santos na liderança do Grupo C do Campeonato Paulista, com dez pontos em quatro rodadas na competição. O início do trabalho de Oswaldo de Oliveira, após não convencer nas três primeiras jornadas, enfim, ganha um alento para o público - ainda mais pelo fato de o time ainda não contar com o principal reforço da temporada, o centroavante Leandro Damião.

Em contrapartida, o Corinthians já passa a conviver com a primeira crise nesta temporada. Ainda é janeiro, mas Mano Menezes, em seu primeiro mês de trabalho, já sofreu a pior derrota corintiana desde do time de Tite para a Portuguesa: 4 a 0, em 29 de setembro do ano passado. O clube do Parque São Jorge, agora com duas derrotas seguidas na tabela, permanece estacionado com seis pontos.

Embalado pela memorável atuação, o Santos retorna a campo no próximo sábado, às 19h30 (de Brasília, quando terá pela frente o Botafogo-SP, líder do Grupo B, o mesmo do Corinthians). Agora em crise por conta da primeira derrota em clássicos desde a queda por 3 a 1 para o São Paulo, às vésperas do Mundial de 2012, o time do Parque São Jorge encara a Ponte Preta no domingo, às 17h, em Campinas.

O jogo

Dois ritmos diferentes. Santos e Corinthians iniciaram o confronto em velocidades completamente opostas. Atuando diante do torcedor na Vila Belmiro, o clube praiano acelerou desde o primeiro minuto. Especialmente com Arouca, o clube da casa rapidamente assumiu o controle do jogo. Logo aos 13min, o volante acertou belo chute da entrada da área e abriu o placar.

Santos abre o placar com Arouca; ouça na voz de Cledi Oliveira

Santos abre o placar com Arouca; ouça na voz de Cledi Oliveira

O tento abateu o Corinthians. Perdido dentro de campo, o clube do Parque São Jorge apresentava defeitos não encontrados durante a antiga Era Tite. A defesa, tão intransponível sob o comando do antigo treinador, se tornara um setor inseguro e aberto. Melhor para o Santos, que ampliou aos 23min. Arouca fez grande jogada pela esquerda e cruzou na medida para Gabriel ampliar.

Gabriel, o Gabigol, faz o segundo do Santos; ouça

Gabriel, o Gabigol, faz o segundo do Santos; ouça

O único momento de alento para os corintianos na Vila Belmiro ocorreu aos 24min. O peruano Paolo Guerrero dominou na entrada da área e rolou para Guilherme, que acertou forte chute de fora da área para descontar. Diante disso, pelo menos até o intervalo, o clube comandado por Mano Menezes tentou equilibrar o clássico desta quarta-feira.

Ouça o gol de Guilherme, o único do Corinthians no clássico desta quarta-feira

Ouça o gol de Guilherme, o único do Corinthians no clássico desta quarta-feira

Apenas tentou. O embate se tornou novamente santista logo no início do tempo final. Aos 2min, Thiago Ribeiro aproveitou contra-ataque extremamente veloz para marcar o terceiro gol e derrubar qualquer ânimo do adversário. Cansado e abatido, o Corinthians apenas observou o Santos jogar; e, diante de um rival motivado e acelerado, isso se tornou fatal.

Santos faz 3 a 1 no Corinthians; ouça na Capital/ESPN

Santos faz 3 a 1 no Corinthians; ouça na Capital/ESPN

A vitória, já muito comemorada pelo público na Vila Belmiro, se tornou goleada (e a derrota, do outro lado, humilhação e crise). Aos 17min, o lateral Bruno Peres, aproveitando outro contra-ataque - lance que evidenciou a bagunça tática corintiana -, chutou de dentro da área para anotar o quarto gol.

Bruno Peres faz o quarto para o Santos; escute aqui

Bruno Peres faz o quarto para o Santos; escute aqui

O ritmo acelerado não mudou; e o Corinthians apenas se expôs mais. Em um fim de jogo melancólico para o time do Parque São Jorge, sem força ofensiva (mesmo com Emerson Sheik e Alexandre Pato em campo) e bagunçado taticamente na defesa, o Santos aproveitou. Aos 33min, Thiago Ribeiro definiu a maior goleada santista diante do arquirrival desde a Era Pelé - 7 a 4, em 06 de dezembro de 1964.

Thiago Ribeiro fecha o placar na Vila; ouça

Thiago Ribeiro fecha o placar na Vila; ouça

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 5 X 1 CORINTHIANS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 29 de janeiro de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP)
Assistentes: Émerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)
Cartões Amarelos: Leandrinho (Santos); Emerson Sheik, Guerrero (Corinthians)
GOLS: 
SANTOS: Arouca, aos 12, e Gabriel, aos 22 minutos do primeiro tempo. Thiago Ribeiro, aos 6 e aos 32, e Bruno Peres, aos 17 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Guilherme, aos 23 minutos do primeiro tempo

SANTOS: Aranha; Cicinho, Neto, Gustavo Henrique e Mena (Bruno Peres); Alan Santos (Leandrinho), Arouca e Cícero; Geuvânio, Gabriel (Stéfano Yuri) e Thiago Ribeiro
Técnico: Oswaldo de Oliveira

CORINTHIANS: Walter; Diego Macedo, Gil, Paulo André e Uendel; Ralf, Guilherme, Rodriguinho (Douglas) e Danilo (Emerson); Romarinho e Guerrero (Alexandre Pato)
Técnico: Mano Menezes

Comentários

Acelerado, Santos massacra 'sonolento' Corinthians e leva adversário à crise

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.