Wawrinka exorciza 'fantasma' Nadal e conquista o Australian Open

ESPN.com.br
Veja os lances de Rafael Nadal 1 x 3 Stanislas Wawrinka (campeão)

O peso de 12 derrotas em 12 confrontos anteriores não pareceu cair sobre os ombros de Stanislas Wawrinka. O suíço derrubou o maior de seus fantasmas no circuito, Rafael Nadal: venceu o espanhol por 3 sets a 1 e conquistou o Australian Open, logo em sua primeira final de Grand Slam.

O espanhol, debilitado por causa de dores nas costas que o acometeram já no segundo set, foi um guerreiro, ainda conseguiu ganhar o terceiro set, mas não foi páreo para o grande jogo de Wawrinka, que se tornará o nº 3 do ranking mundial com a conquista do primeiro Major do ano.

LEIA MAIS
Após 'fazer o que podia', Nadal lamenta lesão, mas prefere exaltar Wawrinka: 'É o dia dele'
Algozes de Soares em Wimbledon vencem título de duplas mistas na Austrália
Campeã do Australian Open, Na Li tem 'dia de rainha' e comemora na praia

Reuters
Nadal recebe massagem do fisioterapeuta durante a final na Austrália
Nadal recebe massagem do fisioterapeuta durante a final na Austrália

Em sua campanha vitoriosa, Wawrinka, de 28 anos, derrotou Andrey Golubev (CAZ) - abandono -, Alejandro Falla (COL), Vasek Pospisil (CAN) - nem entrou em quadra -, Tommy Robredo (ESP), Novak Djokovic (SER) em duelo épico e Tomas Berdych (RTC) na semifinal.

Irrepreensível.

Outra marca quebrada pelo agora número 3 do mundo: fazia quase 29 anos que o oitavo cabeça-de-chave não vencia o primeiro em um Slam (Kevin Curren vencera John McEnroe).

Se o suíço conquistou seu primeiro Grand Slam, Nadal perdeu a chance de se igualar a Pete Sampras na segunda colocação entre os maiores campeões: o espanhol segue com 13 títulos em Majors (um na Austrália, oito em Roland Garros, dois em Wimbledon e dois no US Open), um a menos que o norte-americano, presente em Melbourne para assistir à decisão.

Reuters
Stanislas Wawrinka: o campeão do Australian Open
Stanislas Wawrinka: o campeão do Australian Open

O jogo

Stanislas Wawrinka já havia exorcizado um dos "fantasmas" dos outros 12 confrontos anteriores contra Rafael Nadal: ganhou pela primeira vez um set do rival, e logo o primeiro da decisão do Australian Open, neste domingo. Jogando de forma agressiva e sem dar muitas chances ao espanhol, o suíço fez 6/3 com propriedade e logo abriu 2/1 no segundo com quebra.

Reuters
Rafael Nadal sentiu dores nas costas no segundo set da final em Melbourne
Nadal sentiu dores nas costas no segundo set

E, em um dos pontos, o número 1 do mundo parou e se curvou à frente. As dores nas costas começaram. Ele pediu atendimento, ficou mais de seis minutos fora da quadra para receber massagem no local, voltou, mas já não era mais o mesmo. Sendo quebrado mais uma vez - e com claras dificuldades para fazer o movimento completo do saque -, Nadal perdeu outro set, 6/2.

A potência do saque do espanhol ficou bem reduzida, e nem o tradicional ritual ele fazia mais. Apesar disso, Nadal não se entregou e evitou abandonar pela sétima vez um jogo na carreira. Wawrinka, porém, diminuiu a intensidade e recolocou o adversário na partida. Assim, mesmo com as dores, o número 1 do mundo conseguiu vencer o terceiro set, 6/3. Algo de épico parecia estar para acontecer.

No entanto, o suíço recolocou a cabeça no lugar, soube aproveitar a quebra no 5/3 e sacou para exorcizar de vez o fantasma chamado Rafael Nadal. A Austrália é de Wawrinka.

Destaques e decepções: Meligeni elege os cinco fatos que marcaram o Australian Open 2014
Saques bizarros, bolada em adversária, raquetes quebradas: veja os piores lances do Australian Open
Surpresas, bolhas, calor e muito tênis; as melhores e mais curiosas imagens do Australian Open 2014
Federer inspirado, 'Nadanimal' e Wawrinka no auge: veja os grandes pontos do Australian Open 2014
Comentários

Wawrinka exorciza 'fantasma' Nadal e conquista o Australian Open

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.