Presidente da Portuguesa sobre proposta da CBF: 'Ficamos indignados'; ouça

ESPN.com.br
Presidente da Portuguesa admite contrato de adiantamento e diz: 'se eu morrer, será com dignidade'

No último domingo, a ESPN noticiou com exclusividade que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) condicionou um adiantamento de R$ 4 milhões à Portuguesa a que equipe desistisse de tentar reverter a decisão do STJD que a rebaixou para a Série B no ano passado.

LEIA MAIS
De juros 'camaradas' a cheque especial, veja quanto a Lusa pode economizar por seu 'silêncio'
CBF terá que prestar esclarecimentos sobre proposta à Lusa, diz procurador do STJD
Ex-advogado da Lusa revela ameaças e afirma que mudará 'sistemática' após polêmica
Extrato da conta telefônica de advogado revela contatos com a Portuguesa
Portuguesa confia na volta de executivo da Globo ao Brasil para resolver caso Héverton

Nesta segunda, o presidente da Lusa, Ilídio Lico, confirmou à ESPN Radio o recebimento do documento e afirmou que ele e toda a diretoria rubro-verde ficaram "indignados" com a proposta feita pela entidade. Além disso, o cartola afirmou que o contrato foi enviado por e-mail pelo diretor jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes.

Clique no player e ouça a entrevista de Ilídio Lico, presidente da Portuguesa

Clique no player e ouça a entrevista de Ilídio Lico, presidente da Portuguesa

 

Comentários

Presidente da Portuguesa sobre proposta da CBF: 'Ficamos indignados'; ouça

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.