Jornal: Perrella volta a ser investigado por 'Caso Luisão'

ESPN.com.br
Vipcomm
Perrella voltou a ser investigado por venda de Luisão
Perrella voltou a ser investigado por venda de Luisão
O senador Zezé Perrella (PDT-MG) voltou a ser alvo da Procuradoria Geral da República . A entidade defende a quebra de sigilo bancário para aprofundar investigação contra ele e seu irmão, Alvimar de Oliveira Costa, ex-presidentes do Cruzeiro.

Segundo matéria publicada nesta sexta-feira no jornal Folha de S. Paulo, o inquérito tramita no Supremo Tribunal Federal e ambos são investigados por por suposta lavagem de dinheiro na venda do zagueiro Luisão ao Benfica, de Portugal.

Em 2003 o jogador foi vendido por US$ 2,5 milhões ao clube uruguaio Central Español e, logo em seguida, repassado por cerca de US$ 1 milhão a menos ao Benfica, em valores da época.

Logo, Perrella é suspeito de pulverizar em contas de empresas que é dono junto com seu irmão, parte do valor declarado na negociação, que teria voltado para o Brasil de forma irregular.

Advogados do Cruzeiro alegaram haver erros na petição do Ministério Público, e o ministro Ricardo Lewandowski desautorizou parte da quebra do sigilo bancário e fiscal. Além disso, parte da movimentação das contas dos dois já havia sido analisada pela PF.

Porém, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que é o advogado do clube mineiro e dos Perrellas no caso Luisão, disse que a transação foi legal e é "completamente comum".

"Ter uma empresa fora, no caso o time uruguaio, chamou a atenção. Investigaram e não chegaram a lugar nenhum", disse Kakay, afirmando que a participação de um terceiro time na transação de jogadores muitas vezes é exigência do comprador, em entrevista à Folha de S. Paulo.

A explicação dada por Perrella é que o Cruzeiro vendeu 100% dos direitos do zagueiro ao empresário Juan Figger por US$ 2,5 milhões, por meio do Central Español. Em seguida, o time uruguaio teria negociado 50% dos direitos com o Benfica, por US$ 1,597 milhão.

Há dez dias a polícia encontrou cocaína no helicóptero da empresa do filho de Perrella, e embora tenha sido descartado qualquer envolvimento da família no caso, o inquérito voltou a andar.

Comentários

Jornal: Perrella volta a ser investigado por 'Caso Luisão'

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.