Praia Clube esboça reação, mas não evita título do Dínamo Krasnodar no Top Volley

ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Pelo segundo ano consecutivo, um time brasileiro ficou com o vice-campeonato do Torneio Top Volley. Em jogo equilibrado na Suíça, as meninas do Banana Boat/Praia Clube até mostraram poder de reação, mas não conseguiram evitar o título do Dínamo Krasnodar. As russas levaram a melhor por 3 sets a 1, com parciais de 25-19, 25-17, 17-25 e 25-19.

O time do leste europeu já havia derrotado as alemãs do Schweriner, as suíças do Volero Zurique e as francesas do Cannes antes da final e teve a ponteira cubana Rosir Calderón eleita a melhor jogadora do torneio. A equipe de Campinas bateu a seleção da Suíça, além de também fazer o Volero e o Cannes de vítimas e ainda viu Juliana Carrijo ficar com o posto de melhor levantadora da competição.

No primeiro set, o Dínamo teve dificuldades para desmontar a defesa brasileira e precisou de 23 minutos para sair em vantagem. A vitória no segundo set, embora com placar mais largo, foi construída em 25 minutos. As brasileiras reagiram no terceiro na base da vontade, mas começaram mal o quarto set e não conseguiram buscar a diferença.

Na temporada passada, o Sesi-SP já havia chegado à final do Top Volley e acabou derrotado pelo Cannes. Apenas duas equipes brasileiras já faturaram a competição, organizada desde 1989, mas que contou com times do país apenas dez anos depois. O Unilever/Rio de Janeiro venceu em 2006 e 2009, enquanto o Molico/Osasco ficou com a taça em 2004.

Comentários

Praia Clube esboça reação, mas não evita título do Dínamo Krasnodar no Top Volley

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.