República alemã: federação do país reserva 1.200 quartos na Costa do Descobrimento

Marcus Alves, de Santa Cruz Cabrália (BA), para o ESPN.com.br
Divulgação/Jerusa Brandão
O diretor geral da federação alemã, Olivier Bierhoff, esteve cinco vezes em Cabrália
O diretor geral da federação alemã, Olivier Bierhoff, esteve cinco vezes em Cabrália

A seleção alemã dará o pontapé inicial em sua campanha na Copa do Mundo somente em 16 de junho, contra Portugal, na Arena Fonte Nova, em Salvador, mas os dirigentes do País já se adiantaram e organizam uma verdadeira invasão na Costa do Descobrimento baiana.

Eles darão entrada a partir da próxima segunda-feira na reserva de aproximadamente 1.200 quartos na região.

Para se ter ideia, é mais do que toda a população de 800 pessoas do vilarejo de Santo André, em Santa Cruz Cabrália, onde está localizado o Campo Bahia, complexo ainda em fase de construção que servirá a partir de maio como base para o time em seus deslocamentos pelo Nordeste na primeira fase da competição.

LEIA MAIS
Fim do mistério: 'CT' da Alemanha existe há cinco anos e é na verdade projeto imobiliário
Alemanha deixa recomendação da Fifa de lado e fará travessias de balsa
RELEMBRE: Insatisfeita com opções, Alemanha vai construir seu próprio CT na Bahia

"Nós já temos um ‘bloqueio' grande por parte da federação alemã (DFB). Já reservaram e estão contratando tudo a partir de segunda-feira. São basicamente 1.200 leitos durante 45 dias. Não só para a delegação da equipe como um todo, mas ainda imprensa local, convidados especiais, ‘family fans', eles têm esses grupos de torcedores que atendem diretamente", afirma a superintendente do Bureau Convention de Porto Seguro, Patrícia Martins, ao ESPN.com.br.

A entidade sem fins lucrativos tem como objetivo atrair negócios para a região e foi uma das principais responsáveis pela captação da Alemanha e também da Suíça.

Para dar conta de toda a demanda de espaço da DFB, será preciso a recorrer a alternativas de hospedagem em três dos cinco principais municípios do extremo sul baiano - além de Porto Seguro e Cabrália, Belmonte, Eunápolis e Itabela.

A expectativa das autoridades é de que a passagem dos alemães deixe um lucro estimado em R$ 50 milhões nos cofres locais. A ideia é atrair pessoas interessadas não só no turismo de lazer, mas que enxerguem na viagem a possibilidade também de investimento comercial em centros ainda não ‘desbravados' como Santo André e outros vizinhos.

'Será difícil ganhar a simpatia do nordestino', diz Wenzel; Antero vê lado publicitário
Comentários

República alemã: federação do país reserva 1.200 quartos na Costa do Descobrimento

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.