Em 2010, Grêmio Prudente perdeu pontos em caso idêntico ao da Portuguesa

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br

Na noite da última terça-feira, a Portuguesa foi acusada de escalar de maneira irregular o meia Héverton contra o Grêmio, em jogo da última rodada do Brasileiro. Com isso, a equipe do Canindé pode perder quatro pontos e cair para a Série B, salvando o Fluminense. A chance da Lusa ser punida pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) é grande, já que, em 2010, o Grêmio Prudente viveu situação idêntica e acabou perdendo pontos.

LEIA MAIS
'Perdido', vice da Portuguesa não descarta erro de advogado no 'caso Héverton'
Pivô de polêmica da Portuguesa, Héverton foi expulso após jogo por xingar árbitro
Diogo se revolta e calcula pontos perdidos com erros de arbitragem

A equipe do interior paulista escalou o zagueiro Paulão em partida contra o Flamengo, pela 3ª rodada do Brasileirão, no final de semana. O problema é que o defensor havia sido suspenso pelo STJD na sexta-feira, e não poderia ter entrado em campo no Macaranã. A defesa do Prudente alegou que o tribunal só notificou o clube na segunda-feira, mas não houve conversa: o time teve três pontos subtraídos e ainda teve que pagar multa de R$ 1 mil. Paulão também foi julgado e corria risco de ser suspenso por um ano, mas foi absolvido.

Gazeta Press
Frontini(E), jogador argentino do Bragantino; e Paulão, do Grêmio-SP, durante partida válida pela décima oitava rodada do Campeonato Paulista 2010.
Paulão (dir) foi escalado de maneira irregular pelo Prudente

"Achamos que foi errada a forma como o clube foi notificado, apenas na segunda-feira, de um julgamento que ocorreu na sexta-feira após às 20h", disse o presidente do conselho deliberativo do Prudente, Walter Sanches, na ocasião. A perda dos pontos contribuiu bastante para o rebaixamento do time, que caiu para o penúltimo lugar do Brasileiro com a punição.

Neste ano, um caso semelhante interrompeu a Série B do Campeonato Carioca por 50 dias. O América-RJ entrou no TJD alegando que o Goytacaz escalou de maneira iregular o zagueiro Talis, que havia sido suspenso por dois jogos, mas ficou de fora apenas uma partida. O tribunal deu razão aos americanos e tirou pontos do Goytacaz, que acabou perdendo a vaga nas finais da Taça Corcovado (segundo turno do Estadual) para os próprios americanos.

Lusa se defende
A Portuguesa, por sua vez, alega que a equipe do Canindé foi notificada apenas na terça-feira sobre os dois jogos de suspensão do atleta, em julgamento que ocorrei na sexta. Em entrevista à ESPN Brasil, o vice-presidente do clube, Roberto Santos, contou que, no primeiro comunicado, feito pelo advogado do time, o meia Héverton estava suspenso somente por um confronto. Santos ainda afirmou que a Portuguesa irá na sede da CBF nesta quarta para pedir a gravação do julgamento.

"Para nós, foi uma surpresa. Nós recebemos esse comunicado hoje da CBF, que o Héverton havia pego duas partidas de suspensão. Ele havia cumprido contra a Ponte e, automaticamente, contra o Grêmio, ele não poderia (atuar). Só que a informação que o nosso departamento jurídico nos passou - nós temos um advogado lá no Rio que é o (Oswaldo) Sestário, ele participou do julgamento na sexta-feira e ligou para o nosso jurídico aqui de São Paulo, e disse que o Héverton havia pegado apenas um jogo. Como cumpriu contra a Ponte, estava liberado para jogar domingo. Para nossa surpresa, hoje chega esse comunicado", disse o dirigente.

Gazeta Press
Héverton lamenta erro em jogo da Portuguesa; clube é acusado de escalação irregular do atacante no Brasileiro e pode ser rebaixado
Lusa pode ser rebaixada por ter escalado o meia Héverton

"Estou perdido até agora. Então, duas situações, o Dr. Valdir (outro advogado da Portuguesa) vai até o Rio pedir a gravação do julgamento, no qual o nosso advogado do Rio diz que o Héverton pegou apenas uma partida. Só que o documento diz que o Héverton recebeu duas partidas. A situação está nebulosa, estranha", prosseguiu.

"Entendemos assim: ou o nosso advogado lá no Rio passou por telefone errado, coisa que nos últimos oito ou nove anos nunca aconteceu, ou quem digitou o documento digitou errado os dois jogos de suspensão. Temos que apurar logo cedinho na CBF", discursou.

A Portuguesa terminou o Campeonato Brasileiro com 48 pontos, na 12ª colocação. Caso perca quatro pontos (três pontos de punição mais um ponto obtido na partida contra o Grêmio, na qual Héverton foi escalado), cairá para a 17ª colocação, na zona da degola. O Fluminense, por sua vez, subirá para 16ª, conseguindo a salvação.

No 'SportsCenter', vice-presidente da Portuguesa esclarece situação de escalação irregular de atleta
Antero critica STJD e define atitude de clubes por 'tapetão' como amoral
Comentários

Em 2010, Grêmio Prudente perdeu pontos em caso idêntico ao da Portuguesa

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.