Após 10 anos, a ciclovia da Eliseu começa a sair do papel | Bike é Legal

Willian Cruz, do Vá de Bike e Renata Falzoni
HOME Bike é Legal

As obras da ciclovia no canteiro central da Av. Eliseu de Almeida, na Zona Sul de São Paulo, já começaram. Parte do trajeto já está até concretado. O trecho que receberá essa primeira fase de obras tem extensão de cerca de 3 km.

A intenção da subprefeitura era ter iniciado as obras antes, mas o projeto anterior não foi aprovado tecnicamente pela CET. "Ficamos meio perdidos, porque o projeto a gente não conseguiu aprovar e aí o dinheiro que era pra ter vindo, não veio", explica Moraes Neto. "A solução vai ser fazer a ciclovia aos poucos, com o dinheiro que dá".

A saída foi encontrada em uma verba reservada para calçadas, vinda de emendas de vereadores, que terminaria o ano sem ser utilizada. Resgatou-se um projeto antigo do ITDP, que foi adaptado para servir de base para o trecho inicial da ciclovia. "Estamos fazendo um pavimento e, se tudo correr bem, no ano que vem a gente vai transformar em uma ciclovia, com toda a sinalização e tudo o mais".

Segundo o subprefeito, a sinalização já está sendo discutida em reuniões com a CET e deve ser implementada em 2014. Algumas adequações no viário serão feitas nessa primeira fase, como uma "acomodação viária" no retorno do Shopping.

A previsão é que o pavimento seja concluído até 28 de dezembro de 2013, em um trecho que vai da R. Camargo à R. Santa Albina. O sistema que a subprefeitura pretende implementar tem 16km, indo até a divisa do Taboão, com um ramal seguindo até o estádio do Morumbi, em direção a Paraisópolis, e outro fazendo a ligação com o Metrô Butantã e a USP.

Veja mais detalhes sobre o pavimento, o projeto e a verba, no site Vá de Bike.

Comentários

Após 10 anos, a ciclovia da Eliseu começa a sair do papel | Bike é Legal

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.