À moda antiga, Shogun nocauteia Te Huna com uma 'bomba' e renasce no UFC

ESPN.com.br
UFC Fight Night: Veja o nocaute do brasileiro Mauricio Shogun no neozelandês James Te Huna!

Mauricio Shogun parece mesmo ter uma ligação com o outro lado do mundo. Na madrugada desta sexta-feira, na Austrália, o ex-campeão do Pride reencontrou-se com o passado, que parecia ter ficado esquecido no Japão, e voltou a vencer no UFC, nocauteando James Te Huna.

O neozelandês, nascido no país vizinho à Austrália, tinha tudo para estar em casa. Mas os ares dessas bandas do globo parecem fazer bem ao brasileiro. Com uma bomba de esquerda, após apenas um minuto de luta, Shogun mostrou que ainda não perdeu seu poder de nocaute.

LEIA MAIS
Veja todos os resultados do UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão
Pezão e Hunt fazem duelo épico e ficam no empate na Austrália
Veja como foi, ROUND A ROUND, todas as lutas da noite

É verdade que ainda não se pode dizer que o velho Shogun está de volta. Desde que deixou o Pride, onde brilhou como poucos, o brasileiro alternou altos e baixos no UFC. E, embora tenha até conquistado o título dos meio-pesados, seu momento era péssimo: dois reveses em quatro lutas.

No UFC Fight Night, em Brisbane, contudo, Shogun apresentou-se em melhor forma física, superando, ao menos, aquele que vinha sendo seu maior problema em seus últimos combates. Bem preparado, o brasileiro sequer precisou de muito tempo para conseguir voltar a vencer.

Getty
Shogun nocauteou Te Huna com uma 'bomba' de canhota
Shogun nocauteou Te Huna com uma 'bomba' de canhota

É verdade também que Te Huna não está nem perto de ser um dos maiores oponentes que Shogun já teve. O neozelandês estava longe de estar entre os grandes nomes da categoria - como os rivais que o brasileiro se acostumou a encarar - e tinha no jogo de chão sua maior fragilidade.

O brasileiro até tentou aproveitar essa brecha, mas na última tentativa de levar a luta para baixo acabou sendo frustrado. Mas isso não chegou a ser problema: segundos mais tarde, Shogun aproveitou a distância curta e soltou o gancho de esquerda que lhe daria o nocaute.

Para vencer, Shogun aproveitou ainda a motivação de poder estar fazendo sua última luta no UFC. Durante as semanas que antecederam o evento desta sexta, até mesmo Dana White, presidente da organização, chegou a cogitar a aposentadoria do brasileiro em caso de uma nova derrota.

Evitando o fim da carreira, o ex-campeão dos meio-pesados chega agora a um aproveitamento de 50% no UFC, com seis vitórias e seis derrotas desde sua estreia, em setembro de 2007. Mais do que isso, fez o chefe se render: "Nocaute do século", escreveu Dana, no Twitter.

Comentários

À moda antiga, Shogun nocauteia Te Huna com uma 'bomba' e renasce no UFC

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.