Bayern iguala mais um recorde, vence na República Tcheca e se classifica às oitavas de final

ESPN.com.br
Bayern vence Viktoria Plzen por 1 a 0; Veja o gol de Mandzukić
O Bayern de Munique dominou o Viktoria Pilsen, mas conseguiu ‘apenas' uma vitória simples por 1 a 0, no Struncovy Sady Stadion, na República Tcheca, nesta terça-feira, pela quarta rodada do grupo D da Uefa Champions League. O resultado construído graças a um gol de Mandzukic foi o suficiente para o time alemão manter o 100% de aproveitamento e se garantir nas oitavas de final.

O triunfo deixa os atuais campeões isolados na liderança da chave com 12 pontos. O Manchester City, que bateu o CSKA Moscou, chegou a nove pontos e também se classificou para a próxima fase. Os russos, com três pontos, e os tchecos, ainda zerados, estão eliminados e lutam apenas por uma vaga na Liga Europa.

LEIA MAIS
Com Aguero inspirado e três de Negredo, City goleia CSKA e encerra sina de vexames

Além da passagem ao mata-mata, o Bayern ainda igualou um recorde na Champions. Isso porque, a equipe comandada por Josep Guardiola chegou a nove vitórias consecutivas na competição e alcançou o Barcelona, que conseguiu o mesmo entre 18 de setembro de 2002 e 18 de fevereiro de 2003, emplacou nove resultados positivos seguidos.

A marca na competição europeia veio logo depois de o Bayern alcançar um feito impressionante na Bundesliga. Após bater o Hoffenheim por 2 a 1 no último sábado, o time completou 36 jogos de invencibilidade na competição - a última derrota foi em outubro de 2012, contra o Bayer Leverkusen -, igualando a melhor sequência da história: a do Hamburgo, ocorrida entre 1981/82 e 1982/83.

Para o duelo desta terça-feira, Guardiola teve uma grande ausência para a partida, o holandês Robben, que sofre com problemas musculares. Além disso, o técnico poupou a zaga titular (Dante e Boateng) para as entradas de Van Buyten e Conteno. Gotze, que tem se destacado nos últimos jogos, foi escalado como ‘falso 9', assim Mandzukic ficou como opção no banco, entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória com seis minutos após ter ido ao gramado.

As duas equipes voltarão a campo no sábado. O Viktoria Pilsen visitará o Mlada Boleslav, às 17h15 (de Brasília), pelo Campeonato Tcheco. Já o Bayern, pela Bundesliga, receberá o Augsburg, às 12h30. Pela Champions, o Pilsen irá a Inglaterra para encarar o Manchester City em 27 de novembro (quarta-feira), às 17h45. No mesmo dia, o Bayern de Munique enfrentará o CSKA Moscou na Rússia, às 15h.

O jogo

Depois de passar os 90 minutos do primeiro duelo entre os dois sem dar sequer uma finalização, o Viktoria Pilsen, dessa vez, impôs algum risco ao Bayern, até criou a primeira chance e equilibrou o número de finalizações no primeiro tempo (9 a 7).

No entanto, os bávaros tiveram as melhores ocasiões de gol, sendo que Schweinsteiger chegou a acertar a trave, e ainda controlaram a posse de bola (63 e 37%) ao final da etapa inicial. Apesar dos números a favor, o atual campeão europeu não conseguiu tirar o zero do placar antes do intervalo.

Na volta do intervalo, a equipe visitante seguiu dominando o jogo e, aos quatro minutos, Lahm quase abriu o placar após concluir bela jogada coletiva. Cisovsky apareceu na pequena área para fazer corte providencial.

Sem conseguir transformar o controle da partida em gol, Guardiola mexeu em seu time e colocou Javi Martínez e Mandzukic nas vagas de Schweinsteiger e Muller aos 14 minutos. As mudanças se mostraram precisas. Afinal, seis minutos mais tarde, os alemães abriram o placar justamente com um dos substitutos. Lahm fez cruzamento na área, Mandzukic apareceu completamente livre e cabeceou no canto esquerdo do goleiro Kozacik.

Os bávaros seguiram controlando a posse de bola, criando muito mais do que o adversário, mas, já com os objetivos cumpridos, não conseguiram ampliar a vantagem, e o placar de 1 a 0 seguiu até o apito final.


FICHA TÉCNICA:
VIKTORIA PILSEN 0 X 1 BAYERN DE MUNIQUE

Local:
Struncovy Sady Stadion, em Pilsen, na República Tcheca
Data: 5 de novembro de 2013, terça-feira
Horário: 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Mateu (Espanha)
Assistentes: Pau Cebrián e Javier Aguilar (ambos da Espanha)
Cartões amarelos: Hubnik, Horvath e Kolar (Viktoria Pilsen)
Gol: Mandzukic (Bayern), aos 20 minutos do segundo tempo

VIKTORIA PILSEN: Kozacik; Rajtoral, Cisovsky, Prochazka e Hubnik (Reznik); Horava e Horvath; Petrzela, Kolar e Duris (Pospisil); Tecl (Bakos)
Técnico: Pavel Vrba

BAYERN DE MUNIQUE: Neuer; Rafinha, Van Buyten, Contento e Alaba; Lahm; Muller (Mandzukic), Kroos, Schweinsteiger (Javi Martínez) e Ribery; Gotze (Weiser)
Técnico: Josep Guardiola
Comentários

Bayern iguala mais um recorde, vence na República Tcheca e se classifica às oitavas de final

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.