Em Dubai, Andrés Sanchez negocia com Emirates para Arena Corinthians

Camila Mattoso, do ESPN.com.br
Marcelo Santos
Arena Corinthians, em Itaquera, está 92% pronta
Arena Corinthians, em Itaquera, está 92% pronta e pode ganhar um patrocinador até o fim do ano

O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez viajou no início desta semana para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para negociar os naming rights da Arena Corinthians. Responsável por gerenciar o estádio, o cartola foi convidado pela Emirates para ir apresentar o plano de negócios da nova casa do time do Parque São Jorge, como apurou o ESPN.com.br.

As conversas com a companhia aérea avançaram nas últimas semanas, mas a discussão sobre valores ficou para a reunião desta quinta-feira. Sanchez viajou acompanhado de um funcionário do Marketing do clube, sem nenhum representante do jurídico. De acordo com pessoas que sabem da viagem, são pequenas as chances de se fechar um acordo neste encontro, mas a assinatura de um contrato vai ficar próxima.

O ex-presidente do Corinthians chega de volta ao Brasil no domingo. Na segunda-feira, ele deve se reunir com diretores do clube para discutir o resultado da viagem para Dubai. 

Com início em maio de 2011, as obras do estádio em Itaquera, que será sede de abertura da Copa do Mundo, já estão 92% concluídas. O Corinthians ainda aguarda a liberação do empréstimo do BNDES, de R$ 400 milhões, ainda sem prazo para acontecer. 

Entenda as contas da Arena Corinthians

Custo total
Segundo Andrés Sanchez, o estádio em Itaquera vai custar R$ 820 milhões. Desses, serão R$ 420 milhões em CIDs e R$ 400 milhões de empréstimo do BNDES. 

CIDs
A Prefeitura de São Paulo já liberou cerca de R$ 156 milhões em Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento, os CIDs. Agora eles vão ser negociados com empresas privadas em troca de isenção de tributos municipais. O restante, R$ 264 milhões, pode sair até o fim do ano, de acordo com o clube. 

BNDES e juros
O Corinthians aguarda a liberação do empréstimo de R$ 400 milhões feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Por causa da demora, o clube vai ter de pagar mais de R$ 90 milhões em juros referentes aos empréstimos feitos pela Odebrecht, que teve de pedir para seguir com as obras.

O objetivo de Andrés Sanchez é negociar a venda dos naming rights por esse valor para poder pagar os débitos. Outras receitas do Corinthians podem entrar para ajudar no pagamento.

Comentários

Em Dubai, Andrés Sanchez negocia com Emirates para Arena Corinthians

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.