Corintiano por 'acaso', judoca do Canadá se despede do Rio e lamenta não ver Flamengo no Maracanã

Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), para o ESPN.com.br
Judoca canadense se despede do tatame no Brasil e revela torcida por clube local: 'Vai, Corinthians'

A torcida corintiana agora conta com um representante internacional que entrou para o "bando de loucos" meio que por acaso. Nascido na Sérvia e naturalizado canadense, o judoca Sasha Mehmedovic comprou uma camisa do Corinthians no Rio de Janeiro mesmo sem saber de qual time se tratava, mas depois disso virou torcedor do clube paulista e até mandou apoio em português para o atual campeão mundial: "Vai, Corinthians!".

LEIA MAIS
Vaiada após ouro, judoca do Kosovo teve que 'virar' albanesa para lutar na Olimpíada
Érika Miranda conquista a prata no Mundial de judô; Chibana fica sem medalha

Sasha foi eliminado na segunda luta no Mundial de judô do Rio, nesta terça-feira, ao perder para Nijat Shikhalizada, do Azerbaijão, na categoria meio leve (até 66kg). Apesar da decepção pela derrota no Maracanãzinho, o canadense de 28 anos não tirou o sorriso do rosto e explicou ao ESPN.com.br como se tornou corintiano há menos de uma semana.

Getty
Torcida do Corinthians ganhou o apoio de Sasha
Torcida do Corinthians ganhou o apoio de Sasha

"É uma história engraçada. Eu estava na praia de Copacabana apenas relaxando e comprei uma camisa do Corinthians. Comprei a camisa porque eu achei bonita. Honestamente, eu não sabia de que time era. Um dos meus colegas de time, o Sérgio Pessoa (judoca brasileiro naturalizado canadense), me falou que era um time muito bom, e fiquei muito feliz de ter comprado. Depois que fiquei sabendo que o Corinthians foi campeão mundial no ano passado", contou Sasha, que chegou a vestir a camisa número dois do Timão, preta com listras verticais brancas, por baixo do quimono, nos treinos antes da competição no Rio.

"Estou um pouco desapontado, perdi minha segunda luta para um atleta muito forte. Na verdade, esta é minha última competição, pois estou me aposentando. Então, é tempo de pendurar o quimono e seguir em frente", completou.

Reprodução/ESPN.com.br
O canadense Sasha Mehmedovic virou corintiano
O canadense Sasha Mehmedovic virou corintiano

A partir do próximo mês, Sasha Mehmedovic, que disputou as Olimpíadas de Pequim-2008 e Londres-2012, vai começar a trabalhar como treinador da equipe júnior de judô do Canadá e pretende voltar ao Rio de Janeiro para os Jogos de 2016. Desta vez, além da frustração por não ter ficado mais perto da briga por medalhas no Mundial, o canadense deixa o Rio lamentando não poder assistir a nenhum jogo de futebol no Maracanã.

Sasha tem voo de volta ao seu país marcado para esta quarta-feira e lamentou ainda mais ao ser informado que nesta noite Flamengo e Cruzeiro se enfrentam pela Copa do Brasil no estádio. Nascido na Sérvia, ele mostrou conhecimento sobre o fato de o compatriota Dejan Petkovic ter atuado no Rubro-Negro carioca.

"Estou indo embora nesta quarta-feira, então infelizmente não poderei ir a nenhum jogo. Não sabia antes desse jogo do Flamengo, agora já tenho passagem marcada", disse o canadanense.

Comentários

Corintiano por 'acaso', judoca do Canadá se despede do Rio e lamenta não ver Flamengo no Maracanã

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.