'Gabigol', de 16 anos, decide, e Santos abre vantagem contra o Grêmio

ESPN.com.br
Ricardo Saibun/Gazeta Press
Gabriel assinalou o primeiro gol como profissional nesta noite
Gabriel assinalou o primeiro gol como profissional nesta noite; tento decisivo para o Santos na Copa do Brasil

O Santos reencontrou o caminho das vitórias na noite desta quarta-feira e encerrou um período de sete duelos sem comemorar um triunfo. O importante resultado ocorreu por conta do brilho individual de mais uma promessa da Vila Belmiro. Com gol de Gabriel, o ‘Gabigol', de apenas 16 anos, a equipe comandada por Claudinei Oliveira derrotou o Grêmio pelo placar de 1 a 0, em casa, e abriu vantagem no duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

LEIA MAIS
No auge da bagunça, seleções vão desfalcar clubes
Palmeiras faz jogo de Série A, vence Atlético-PR e abre vantagem nas oitavas da Copa do Brasil

Mesmo atuando na Vila Belmiro, o Grêmio dominou a maior parte do encontro desta quarta-feira. Enquanto se posicionou melhor durante a truncada primeira etapa, o time gaúcho criou as maiores chances de gol no tempo final. Sem a competência necessária para vazar o goleiro Aranha, o time de Renato Portaluppi sofreu no final nos pés do jovem ‘Gabigol', autor do tento da vitória.

O gol assinalado por Gabriel permite ao Santos empatar o confronto da volta para avançar às quartas de final do torneio mata-mata. Dependendo de um triunfo por dois gols de diferença para seguir na Copa do Brasil, o Grêmio receberá o clube paulista na próxima quarta-feira, na Arena, em Porto Alegre.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Gabriel comemora depois de dar a vantagem ao Santos no duelo oitavas de final
Gabriel comemora depois de dar a vantagem ao Santos

Depois do compromisso pela Copa do Brasil, os dois times voltam a se preocupar com a disputa do Campeonato Brasileiro. Dono de uma sequência incômoda de jogos sem vitórias, o Santos retorna a campo no sábado, quando, a partir das 18h30 (de Brasília), recebe o Vitória, novamente na Vila Belmiro. O Grêmio, por outro lado, encara o Flamengo na mesma data e horário, no Estádio Mané Garrincha.

O setor de meio-campo sediou a maior parte do confronto durante a primeira etapa. Com os três volantes santistas e os cinco homens gremistas, a criatividade das duas equipes acabou prejudicada. Melhor posicionado, o time gaúcho rapidamente minou as armas santistas, especialmente as tentativas de longas ligações em velocidade para o jovem atacante Neílton.

Bem postado, o Grêmio investiu nos contra-ataques e chegou até a levar mais perigo à área santista. Contudo, embora o time gaúcho tenha terminado melhor a primeira etapa, o Santos foi quem mais se aproximou do gol. Na melhor oportunidade do jogo, aos 17min, Montillo cruzou pela ponta direita e viu Thiago Ribeiro ficar a centímetros de desviar para as redes.

Enquanto a primeira etapa ficou marcada pela morna temperatura e o jogo truncado, o tempo decisivo do confronto desta quarta-feira levou apenas um minuto para apresentar uma melhora. Com pouco mais de 60 segundos de bola rolando, o Grêmio por pouco não abriu o placar na Vila Belmiro. Pará acertou cruzamento na medida para Kleber. Completamente livre na pequena área, o camisa 30 errou o desvio de cabeça, para alívio de Aranha.

O lance de Kleber não foi exceção durante a segunda etapa. A chance perdida pelo atacante ‘contagiou' o companheiro Hernán Barcos. Aos 10min, Pará acertou outro bom cruzamento para dentro da área. Galhardo falhou na cobertura e viu o argentino completamente livre. Assim como o Gladiador, o Pirata tocou errado de cabeça, de uma maneira inacreditável.

Miguel Schincariol/Gazeta Press
Kleber perdeu uma grande chance de gol no início do segundo tempo
Kleber perdeu uma grande chance de gol no início do 2º tempo

As duas oportunidades gremistas esquentaram o confronto. Ciente do domínio gaúcho, o Santos procurou acelerar o jogo e imediatamente respondeu ao adversário. Aos 12 minutos, Thiago Ribeiro recebeu no bico da área, cortou Werley e cruzou forte. Atento, Dida se antecipou e evitou o gol santista.

Kleber e Barcos serviram para mostrar ao Grêmio sobre o principal defeito da defesa santista na noite desta quarta-feira. Tanto que aos 18min, novamente a bola aérea gremista ameaçou a meta do time mandante. Depois de cruzamento de escanteio, Bressan desviou de cabeça e obrigou Aranha a fazer uma grande defesa. No rebote, Souza desperdiçou mais uma ótima chance.

A falta de pontaria custou o bom resultado ao Grêmio. Em uma rara chegada aguda no setor ofensivo, o Santos garantiu a vitória (e a vantagem para o jogo da volta). Aos 37 minutos, Montillo recebeu pela ponta esquerda e cruzou na medida para Gabriel. O jovem de 16 anos arrematou de canhota, no canto esquerdo de Dida, e assegurou o 1 a 0 para festa do público na Vila.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 1 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 21 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Público: 6.195 pagantes
Renda: R$ 173.547,00
Cartões amarelos: Montillo, Edu Dracena, Neílton, Durval e Gabriel (Santos); Barcos, Bressan e Kleber (Grêmio)
Gol: SANTOS: Gabriel, aos 36 minutos do segundo tempo

SANTOS: Aranha; Rafael Galhardo (Alan Santos), Edu Dracena, Durval e Mena; Alison, Marcos Assunção (Leandrinho), Cícero e Montillo; Neílton (Gabriel) e Thiago Ribeiro
Técnico: Claudinei Oliveira

GRÊMIO: Dida; Werley, Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Ramiro (Lucas Coelho), Riveros (Guilherme Biteco) e Alex Telles; Kleber (Matheus Biteco) e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho

Comentários

'Gabigol', de 16 anos, decide, e Santos abre vantagem contra o Grêmio

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.