Em jogaço de três viradas e oito gols, Coritiba vence a Ponte Preta e volta à liderança

ESPN.com.br
Veja os gols da partida

No dia em que comemorou 28 anos de sua maior conquista, o Brasileirão de 1985, o Coritiba derrotou a Ponte Preta por 5 a 3, nesta quarta-feira, no Couto Pereira, e reassumiu a liderança do campeonato nacional. O time alviverde, porém, sofreu muito no duelo válido pela décima rodada: foram três viradas até que o time de Marquinhos Santos conseguisse os três pontos.

LEIA MAIS
Mesmo com vitória, jogadores do Coritiba criticam erros na defesa

A equipe de Campinas abriu o placar logo com 4 minutos de partida com William; o Coritiba virou em três minutos (23 e 26) com Lincoln e Robinho. A Ponte não desistiu e igualou no início da etapa final com Baraka, e William recolocou os visitantes à frente aos 4. Então, o Coritiba deslanchou: Alex, em golaço de falta, Lincoln e Robinho novamente balançaram a rede e garantiram a vitória.

O Coritiba volta a campo no sábado, quando enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte. Já a Ponte Preta recebe o Fluminense, domingo, no Moisés Lucarelli, em Campinas.Assim, os paranaenses mantêm a invencibilidade no Brasileirão, agora com cinco triunfos e cinco empates, para assumir a primeira colocação com 20 pontos, dois à frente de Cruzeiro e Internacional - o Botafogo (17) joga nesta quinta com o Vitória e pode se igualar na liderança. Já a Ponte Preta para nos 10 pontos, próxima à zona de rebaixamento.

O jogo

A Ponte Preta surpreendeu e, logo aos três minutos, William pegou rebote de Vanderlei e mandou para o fundo da rede para abrir o placar. O Alviverde tentou a resposta aos sete minutos, com Bill, que girou na área e carimbou a defesa campineira. Um minuto depois foi a vez de Chico subir no meio da defesa e obrigar Roberto a ceder escanteio.

A equipe da casa queria empatar rapidamente, mas encontrava dificuldade para passar do meio-campo. Aos 20 minutos, Chiquinho foi lançado e arriscou o chute para grande defesa de Vanderlei. O Coritiba chegou à igualdade aos 23 minutos, com Lincoln, que subiu com certa liberdade par atestar para a rede. Três minutos depois, Robinho, bem colocado, aproveitou rebote de bola na trave e decretou a virada.

O segundo gol deu tranquilidade ao time coxa-branca, que colocou a bola no chão e cadenciou a partida. Aos 34 minutos, Rildo fez a jogada individual e lançou para Ramírez, que pegou de primeira na área e isolou. William marcou mais uma vez, aos 39 minutos, mas desta vez a arbitragem anulou marcando o impedimento. O ritmo caiu, com as equipes apenas esperando a chegada do intervalo.

No segundo tempo, a Ponte mais uma vez começou com tudo e, aos 30 segundos, William lançou Baraka, que fuzilou para deixar tudo igual no placar. Aos três minutos, Ramírez cobrou escanteio e, no meio da confusão, a bola sobrou para William, que não perdoou e fez o terceiro. Com a torcida pegando no pé, sobrou pra o argentino Iberbia, substituído por Diogo.

Como sempre, nas horas mais difíceis, quem aparece é Alex. Aos 10 minutos, o meia cobrou falta com perfeição, no ângulo, e empatou mais uma vez a partida. E a nova virada não demorou. Aos 13 minutos, o outro nome experiente do time, Lincoln, disparou a bomba, que desviou na zaga e matou Roberto. A sequência de gols mudou o panorama do jogo, com a Ponte buscando o ataque e o Alviverde aguardando para responder.

Lance de perigo da Ponte, aos 26 minutos, com Rildo, que teve a chance de arrematar, mas demorou demais e facilitou a saída de Vanderlei. Mais Ponte no ataque, aos 27 minutos, com Rildo, que bateu de primeira para uma linda defesa do camisa 1 coxa-branca. Aos 32 minutos, Alemão subiu na área para testar por cima da meta. Na resposta, aos 36 minutos, Geraldo rolou para Bill, que bateu para intervenção de Roberto. Ainda teve tempo para Robinho, aos 43 minutos, deixar sua marca.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA 5 X 3 PONTE PRETA

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 31 de julho de 2013, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Jose Raimundo Dias da Hora (BA)
Cartões amarelos: Geraldo e Lincoln (Coritiba); Ferron, Baraka e Rildo (Ponte Preta)
Gols: CORITIBA: Lincoln, aos 23, e Robinho, aos 26 minutos do primeiro tempo; Alex, aos dez, Lincoln, aos 13, e Robinho, aos 43 minutos do segundo tempo; PONTE PRETA: William, aos três minutos do primeiro tempo; Baraka, a um minuto, e Willian, aos três minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Ibérbia (Diogo); William Farias, Robinho, Bottinelli (Geraldo) e Alex (Gil); Lincoln e Bill. Técnico: Marquinhos Santos

PONTE PRETA: Roberto, Luís Advíncula (Alemão), Ferron, Diego Sacoman (César) e Uendel; Baraka, Magal (Giovanni) e Ramírez; Chiquinho, Rildo e William. Técnico: Paulo César Carpegiani

Comentários

Em jogaço de três viradas e oito gols, Coritiba vence a Ponte Preta e volta à liderança

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.