53 derrotas seguidas e contando: conheça a pior seleção do mundo nos últimos cinco anos

Thiago Cara, do ESPN.com.br
Getty
Seleção de San Marino tem apenas uma vitória em sua história; gol foi marcado pelo capitão e camisa 10, Andy Selva
Seleção de San Marino tem apenas uma vitória em sua história; gol foi marcado pelo capitão e camisa 10, Andy Selva
Na briga por uma das vagas europeias para a Copa do Mundo de 2014, estão sete das dez melhores seleções ranqueadas pela Fifa. Mais abaixo nas tabelas de classificação das eliminatórias e na lista elaborada pela entidade máxima do futebol, um time sem o mesmo glamour e craques. Na verdade, muito mais abaixo.

Desde abril de 2008, San Marino é a última colocada do ranking da Fifa. Nos últimos quatro anos, período levado em conta pela entidade para a lista divulgada nesta quinta-feira, a seleção europeia não conseguiu nenhuma vitória em 21 jogos. Perdeu todos, marcou apenas dois gols e foi vazada nada menos que 94 vezes.

O desempenho deixa a seleção com 0 pontos no ranking, empatada com o pequeno asiático Butão e a ilha Turcos e Caicos, localizada na América Central. Embora tenham a mesma pontuação, os "rivais" de San Marino na disputa pela lanterna da lista, tem conseguido resultados mais honrosos, digamos assim, em suas últimas aparições.

No mesmo período em que San Marino entrou em campo 21 vezes, Turcos e Caicos teve apenas dois jogos (derrotas por 4 a 0 e 6 a 0), enquanto o Butão atuou em 12 oportunidades. Os asiáticos sofreram 48 gols, mas balançaram as redes adversárias quatro vezes, uma média três vezes superior a que os europeus têm conseguido.

Getty
Entre as 53 derrotas seguidas, a pior veio diante da Alemanha: 13 a 0
Nos últimos anos, pior revés veio diante da Alemanha: 13 a 0

Contra San Marino pesa o fato de jogar contra rivais da Europa. Só em 2013, já enfrentou Inglaterra e Itália (em sua melhor aparição, perdeu "apenas" de quatro dos italianos, em maio), por exemplo. No entanto, os san-marinenses não conseguem somar pontos sequer contra seleções como Liechtenstein ou Moldávia, rivais em 2011.

Os únicos gols comemorados por San Marino nos últimos quatro anos vieram na mesma partida. No dia 14 de agosto de 2012, jogando em Serravalle, a equipe da casa conseguiu sair na frente, com um gol de Marani, mas acabou cedendo a virada para Malta. Nos acréscimos, os san-marinenses ainda descontaram com Rinaldi.

Em toda a história, a seleção conhece apenas uma vitória, obtida em 31 de julho de 2004. Na ocasião, em um amistoso contra Liechtenstein, Andy Selva, maior artilheiro da história da equipe, com oito gols, anotou o tento histórico que garantiu o 1 a 0. De lá pra cá, porém, a sequência de derrotas já é recorde: 53 consecutivas.

Autor do gol da única vitória san-marinense, Selva é um dos poucos jogadores do país a ter conseguido deixar o futebol amador. O atacante, de 37 anos e nascido em Roma, já teve passagens por times como o Verona, da Itália, e é considerado o maior da história do país, ao lado do já aposentado Massimo Bonini, que jogou na Juventus.

Veja a lista completa dos jogos que San Marino não perdeu em sua história:

10/03/1993 - San Marino 0 x 0 Turquia (Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1994)
25/04/2001 - Letônia 1 x 1 San Marino (Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2001)
20/08/2003 - Liechtenstein 2 x 2 San Marino (Amistoso)
28/04/2004 - San Marino 1 x 0 Liechtenstein (Amistoso)

* No futebol dos Jogos Mediterrâneos de 1987, San Marino também empatou com o Líbano, por 0 a 0

Comentários

53 derrotas seguidas e contando: conheça a pior seleção do mundo nos últimos cinco anos

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.