Após reunião com o Corinthians, Valcke recebe garantias de Itaquerão pronto até dezembro

Tiago Leme, do Rio de Janeiro (RJ), com redação do ESPN.com.br
Reprodução/Twitter
Reunião no Rio nesta quarta definiu situação do Itaquerão
Reunião no Rio nesta quarta definiu situação do Itaquerão
A polêmica envolvendo a data de entrega da Arena do Corinthians, em Itaquera, foi resolvida em uma reunião nesta quarta-feira à tarde, no Rio de Janeiro. No encontro, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, recebeu garantias de que o estádio ficará pronto até no máximo o dia 31 de dezembro deste ano, para poder receber o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014.

Além de Valcke, participaram da conversa Andrés Sanchez (ex-presidente do Corinthians e responsável pela obra do Itaquerão), o ex-jogador Ronaldo (membro do Comitê Organizador Local), Ricardo Trade (CEO do COL) e Benedicto Junior (presidente da Odebrecht).

"Acordamos com Andrés Sanchez e o CEO da Odebrecht o prazo de dezembro de 2013 para a entrega da Arena São Paulo. São Paulo dará um bom exemplo. Todos temos o mesmo objetivo, realizar com sucesso a Copa-2014, e o estádio é um elemento-chave de desenvolvimento daquela região", escreveu Valcke, no Twitter, após a reunião.

“A reunião foi excelente. Houve um mal entendido, mas São Paulo e o Corinthians estão conscientes de sua responsabilidade. Eu sempre tive certeza de que nós iríamos organizar o jogo de abertura da Copa do Mundo e agora eu tenho ainda mais certeza. O calendário acordado com a Fifa será respeitado”, confirmou Andrés Sanchez, em nota oficial.

Antes do encontro, na manhã desta quarta, em visita da comitiva do COL (Comitê Organizador Local) ao Maracanã, Jérôme Vaclke se irritou com as diversas perguntas sobre a definição da situação do Itaquerão, mas garantiu São Paulo na Copa do Mundo de 2014 e avisou que a reunião seria realizada para resolver as pendências.
ME/Portal da Copa
Corinthians garantiu que a Arena de Itaquera, palco da abertura da Copa-2014, será entregue em dezembro de 2013
Corinthians garantiu que a Arena de Itaquera, palco da abertura da Copa-2014, será entregue em dezembro de 2013
O imbróglio envolvendo a Arena do Corinthians acontece porque o projeto inicial alvinegro previa a construção do estádio para 48 mil pessoas. Após o estádio ser escolhido para ser sede da abertura da Copa, porém, a capacidade teve que ser aumentada para 68 mil, por exigência da Fifa. Segundo o clube, a instalação e adequação de mais 20 mil lugares levaria mais um ou dois meses, estourando o prazo pedido pela entidade máxima do futebol, dezembro de 2013.

Na terça-feira, o Corinthians rebateu as críticas anteriores feitas por Jérome Valcke, sobre prováveis mudanças nas sedes para a Copa do Mundo. A equipe alvinegra divulgou uma nota, na qual diz que “o clube não aceita nenhuma pressão” quanto ao prazo de entrega do estádio da abertura da competição, e ainda afirma que "se entendem que devem mudar o local de abertura da Copa fiquem à vontade".
Aldo Rebelo espanta polêmica, elogia obras da Arena Corinthians e diz: 'não existe Copa sem SP'
Comentários

Após reunião com o Corinthians, Valcke recebe garantias de Itaquerão pronto até dezembro

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.