Brasileiro faz golaço, mas Dortmund arranca empate com Shakhtar no fim e leva vantagem para casa

ESPN.com.br
Veja os gols da partida entre Shakhtar Donetsk e Borussia Dortmund!
Foi no fim, mas o Borussia Dortmund arrancou um bom resultado no jogo de ida das oitavas de final da Uefa Champions League. Perdendo por 2 a 1 até os 42 minutos do segundo tempo, o time alemão empatou por 2 a 2 contra o Shakhtar Donetsk, nesta quarta-feira, na Donbass Arena, em Donetsk. Agora, o time aurinegro jogará por um empate de 0 a 0 ou 1 a 1 para ficar com a vaga. Os ucranianos precisam de uma igualdade de ao menos três gols. Quem vencer, avançará.

Antes de Hummels marcar, Srna havia aberto o placar com um gol de falta. Lewandowski deixara tudo igual, e Douglas Costa, com um golaço, fizera o time mandante ficar novamente à frente no marcador. Dos últimos 28 gols feitos pelo clube ucraniano no torneio, 22 foram de brasileiros.

O resultado mantém a invencibilidade do Dortmund, que passou em primeiro lugar no grupo da morte, que tinha Real Madrid, Manchester City e Ajax, com quatro vitórias e dois empates. Assim, somente o time comando por Jürgen Klopp, Málaga, Schalke e Juventus seguem sem perder na principal competição de clubes da Europa.

Vale lembrar que os dois clubes já haviam se enfrentado na Champions League na edição 2001/2002, quando se cruzaram pela terceira fase preliminar. Na ocasião, o Dortmund venceu as duas partidas por 2 a 0 e 3 a 1 e avançou à fase de grupos.

A partida contou com cinco brasileiros entre os titulares. Pelos mandantes, Fernandinho, Alex Teixeira e Luiz Adriano começaram o confronto, assim como Taison, que foi contratado no último mercado de transferências junto ao Metalist Kharkiv e fez sua estreia oficial pelo novo time. No segundo tempo, Taison deixou o campo para a entrada de Douglas Costa. O brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva também foi a campo.

Já pelo lado do Dortmund, como Subotic, que se recuperou de lesão, ainda está sem ritmo, Felipe Santana novamente foi titular na zaga.

O duelo de volta entre as duas equipes ocorrerá no dia 5 de março (terça-feira), no Signal Iduna Park, em Dortmund, na Alemanha.
Confira os melhores momentos do empate entre Shakhtar Donetsk e Borussia Dortmund!
O jogo

Mesmo jogando na condição de visitante, o Dortmund impôs a sua tradicional marcação pressão no campo adversário e dava trabalho aos mandantes. Assim, os alemães criavam mais chances de gol e levavam perigo ao goleiro Pyatov. Com liberdade, Götze armava as investidas com tranquilidade. Aos 17 minutos, Hummels aproveitou cobrança de escanteio de Reus e cabeceou com força no travessão.
Getty
Srna abriu o placar com um gol de falta
Srna abriu o placar com um gol de falta

O time da casa, por sua vez, apostava nos contra-ataques velozes, principalmente com Taison pelo lado esquerdo do campo. Com o tempo, o Shakhtar conseguiu neutralizar o adversário e passou a assustar o goleiro Weidenfeller.

No momento que era melhor em campo, os ucranianos abriram o marcador. Aos 31, Srna cobrou falta da entrada da área sobre a barreira. O arqueiro adversário, mal posicionado, até chegou na bola, mas não evitou que a bola chegasse à rede.

Em vantagem, os mandantes seguiam incomodando o time aurinegro, que parava na marcação e não conseguia ter bons momentos. Assim, para superar a dificuldade, o Dortmund apostou em uma maior movimentação no time. Götze, não ficava tão centralizado e partia para os lados, principalmente à direita. Reus, que joga aberto pela esquerda, se aventurava como armador centralizado de vez em quando.

Neste contexto, o clube visitante empatou o jogo aos 41 minutos. Götze cruzou dias vezes da direita, na primeira foi bloqueado e, na segunda, Lewandowski dominou. O atacante errou a finalização na primeira tentativa, mas enganou Chygrynskiy e Fernandinho, que vacilaram e trombaram. Livre, o polonês chutou rasteiro no canto esquerdo para deixar tudo igual no marcador.

Antes do intervalo, os comandados de Mircea Lucescu quase voltaram a ficar à frente no placar. Aos 45, Taison fez boa jogada pela esquerda, escapou de Piszczek e chutou para defesa estranha de Weidenfeller. No rebote, Alex Teixeira concluiu, e Schmelzer salvou de peito em cima da linha.

Na volta do intervalo, o duelo seguiu bastante agitado, com as duas equipes apostando em um jogo de muita velocidade. Porém, diferentemente da etapa inicial, quando ambos alternavam bons momentos em campo, o confronto ficou equilibrado. O cenário se manteve ao longo do jogo, e ambos os times até conseguiam boas investidas, mas não criavam muitas chances claras de gol.
Reuters
Douglas Costa faz golaço e define a vitória do Shakhtar sobre o Borussia no jogo de ida das oitavas da Champions League
Douglas Costa fez um golaço na partida

Aos 23 minutos, o Shakhtar conseguiu ficar novamente em vantagem e com um golaço. Após lançamento longo vindo da zaga, Douglas Costa, que havia entrado em campo seis minutos antes, apareceu nas costas de Hummels, ganhou disputa com Schmelzer e concluiu de voleio no canto esquerdo de Weidenfeller.

Em desvantagem, a equipe alemã se mandou ao ataque, buscou a pressão e criava mais oportunidades de gol. Os mandantes voltaram a levar perigo na base dos velozes contra-ataques.

Quando parecia que o Shakhtar ficaria com o triunfo, Hummels aproveitou cobrança de escanteio de Schmelzer aos 42 minutos e, livre, cabeceou forte para o fundo da rede, dando números finais à partida.

FICHA TÉCNICA
SHAKHTAR DONETSK 2 X 2 BORUSSIA DORTMUND

Local:
 Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia)
Data: 13 de fevereiro de 2013, quarta-feira
Horário: 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)
Assistentes: Michael Mullakey e Darren Cann (ambos da Inglaterra)

Cartão amarelo: Fernandinho (Shakhtar Donetsk)
Gols: Srna, aos 31 minutos do primeiro, e Douglas Costa, aos 23 do segundo tempo (Shakhtar Donetsk). Lewandowski, aos 41 do primeiro, e Hummels, aos 42 do segundo te,po. (Borussia Dortmund)

SHAKHTAR DONETSK: Pyatov; Srna, Rakitskiy, Chygrynskiy e Rat; Hübschman, Fernandinho, Alex Teixeira (Eduardo), Mkhitaryan e Taison (Douglas Costa); Luiz Adriano 
Técnico: Mircea Lucescu

BORUSSIA DORTMUND: Weidenfeller; Piszczek, Felipe Santana, Hummels e Schmelzer; Bender e Kehl; Blaszczykowski (Schieber), Götze e Reus (Leitner); Lewandowski
Técnico: Jürgen Klopp
Comentários

Brasileiro faz golaço, mas Dortmund arranca empate com Shakhtar no fim e leva vantagem para casa

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.