Pegos de surpresa, Nuzman e ministro evitam comentar aumento de gastos do Rio-2016

Thiago Arantes, Tiago Leme e Gabriela Moreira, para o ESPN.com.br
Assista às declarações de Nuzman e Rebelo!

O orçamento do Rio-2016 aumentou 68% em três anos, mas o comitê organizador só divulgaria os dados revisados em julho de 2013. Por isso, o presidente do órgão, Carlos Arthur Nuzman, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, ficaram surpresos ao serem questionados sobre o tema pela reportagem do ESPN.com.br.

Nesta quarta-feira, o ESPN.com.br publicou detalhes do estouro orçamentário: a previsão de custos inicial era de R$ 5,6 bilhões e aumentou para R$ 9,4 bilhões em três anos – a partir de 2013, os governos federal, estadual e municipal ajudarão a pagar as contas do comitê. (LEIA A REPORTAGEM AQUI)

Nuzman e Rebelo foram interpelados durante o Prêmio Brasil Olímpico, no Rio de Janeiro, e evitaram entrar em detalhes sobre a reportagem, que revelou com exclusividade o primeiro estouro orçamentário dos Jogos Olímpicos. 

Reuters
Carlos Arthur Nuzman, presidente do comitê organizador do Rio-2016
Carlos Arthur Nuzman, presidente do comitê organizador 
“O orçamento nosso só será divulgado na metade do ano. Então esse número que tem não é o número que representa o que está. Então nós temos que... Nós temos que apresentar ao Comitê Olímpico Internacional e aí será divulgado de uma maneira muito ampla”, disse Nuzman, visivelmente surpreso com a pergunta, aos canais ESPN.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, também não quis fazer comentários sobre a participação do governo no orçamento, mas admitiu que pode, sim, haver mudanças. 

“Todos esses gastos, com preparação das olimpíadas, o investimento nos atletas, a infraestrutura olímpica... Todos eles estão sendo submetidos a estudos, e qualquer alteração nos gastos previstos terá a avaliação do governo federal, da Rio-2016, do governo do estado, e da prefeitura do Rio de Janeiro. Então, só posso falar sobre isso depois que esses estudos tiveram sido realizados”, afirmou.

De acordo com o Rio-2016, o orçamento inicial, divulgado antes da escolha da cidade como sede, em 209, era preliminar e já seria revisto para uma primeira versão de orçamento, com a inclusão de dados e despesas de forma mais detalhada. Mesmo diante da informação de que o ESPN.com.br já tinha visto a projeção orçamentária, a assessoria da entidade disse que o orçamento ainda está em fase de confecção e só será divulgado em 2013.
Comentários

Pegos de surpresa, Nuzman e ministro evitam comentar aumento de gastos do Rio-2016

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.