VÍDEO: Maior ídolo do clube, Del Piero se despede da Juventus; relembre gols marcantes

ESPN.com.br

Depois de dedicar mais de meia vida à Juventus, Alessandro Del Piero se despediu da equipe de Turim, neste domingo. Maior ídolo do clube que defende desde 1993, o jogador de 37 anos encerra sua carreira na Velha Senhora com seis títulos da Serie A italiana (1995, 1997, 1998, 2002, 2003 e 2012), uma Copa da Itália (1995), uma Champions League (1996), uma Copa Intercontinental (1996) e uma conquista na segunda divisão (2007).

Em 708 jogos com a camisa bianconera - sendo 482 deles pela Série A italiana -, Del Piero marcou 188 gols pelo campeonato nacional, 44 na Champions League, 25 na Copa da Itália, 20 na Série B, 5 na Liga Europa, 3 na Supercopa Italiana, 2 na Supercopa Europeia, 1 na Copa Intercontinental e 1 na Copa Intertoto. Números que colocam o atacante como maior artilheiro da história da Juventus, com 289 tentos anotados.

A história de Del Piero na Juventus teve início no dia 12 de setembro de 1993, em um duelo contra o Foggia, fora de casa. O jovem de 18 anos jogou apenas 15 minutos, com o empate em 1 a 1 já definido, mas mostrou qualidade para retornar a campo no duelo seguinte. Uma semana após a estreia, no dia 19, na goleada por 4 a 0 contra o Reggina, ‘Ale’, como ficaria conhecido em Turim, anotou seu primeiro gol com a camisa da Juventus.

Clique no player e relembre gols de Alessandro Del Piero!

Clique no player e relembre gols de Alessandro Del Piero!

Já na temporada seguinte, Del Piero se ‘apresentou’ oficialmente ao torcedor bianconeri. Em jogo contra a Fiorentina, em dezembro, o jogador decidiu o duelo com um belo gol (um dos mais bonitos de sua carreira), definindo o marcador em 3 a 2. Com o duelo empatado em dois gols, o jovem craque recebeu um longo lançamento, pegou de primeira e encobriu o goleiro adversário.

Na Champions League, Del Piero começou a escrever sua história em 1995, marcando seu primeiro gol na vitória por 3 a 1 sobre o Borussia Dortmund. Mais tarde, conquistaria o título da competição europeia naquela temporada. Em 1996/97, porém, a Juventus se reencontraria com os rivais alemães, dessa vez, na decisão da Champions. Vitória pelos mesmos 3 a 1 e a primeira grande decepção de Ale - que ainda assim deixara sua marca naquela oportunidade.

Na temporada seguinte, a Juventus vivia nova frustração na final da maior competição de clubes da Europa. Dessa vez, o algoz foi o Real Madrid, sem gols de Del Piero. Porém, o craque brilhou naquele ano, com um gol relâmpago contra o Manchester United, um hat-trick nas semifinais da Champions, contra o Monaco, e o tento que decretou a vitória da Velha Senhora sobre a Internazionale, em uma final antecipada do Campeonato Italiano.

Quando o assunto é o campeonato nacional da Itália, um dos momentos mais marcantes da carreira de Del Piero aconteceu longe da elite. Após um escândalo de manipulação de resultados, a Juventus teve cassados dois títulos conquistados em campo (com a ajuda de Ale) e foi rebaixada. Em 2007, mesmo na Série B e na condição de campeão do mundo, Del Piero não abandonou os bianconeri e reviveu o renascimento do clube de Turim.

De volta à Série A, o craque se tornou o maior artilheiro da Juventus, com um gol sobre o Milan, em 2010; viu sua equipe construir um novo estádio, onde marcou pela primeira vez na vitória por 3 a 0 sobre a Roma, em janeiro de 2012; e conquistou o título da Série A do Campeonato Italiano na temporada 2011/12. No dia 13 de maio, uma semana antes, de entrar em campo para sua despedida, Del Piero marcou seu último gol com a camisa da Juventus.

Del Piero se despede no ano em que a Juve voltou a vencer o Calcio, após o calvário na Série B

O 'adeus' vem no ano em que a Juve se reergueu do calvário na Série B
Crédito da imagem: EFE
Comentários

VÍDEO: Maior ídolo do clube, Del Piero se despede da Juventus; relembre gols marcantes

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.