Após briga com a torcida, Jonas dá adeus ao Grêmio e vai para o Valencia

ESPN.com.br

Principal artilheiro do Grêmio nos últimos anos, o atacante Jonas está de saída do clube gaúcho. O vice-presidente de futebol, Antônio Vicente Martins, revelou nesta segunda-feira que o jogador vai para o Valencia, da Espanha. Segundo o dirigente, Jonas deixa o clube por causa da multa rescisória "extremamente baixa" deixada pela gestão anterior, no valor de 1,25 milhão de euros.

"Lamentavelmente o jogador Jonas nos informou ontem à noite que está saindo do Grêmio e acertando uma transferência para o futebol espanhol. O Jonas passou por um processo de renovação no ano passado, em março onde acertou com o Grêmio ainda na gestão anterior, um reajuste salarial e um reajuste nos valores de direito de imagem e o pagamento de luvas em favor do atleta. Essa renovação determinou que o contrato fosse até dezembro de 2011, havia portanto uma extensão no contrato anterior. Em troca desta extensão houve uma alteração no valor da cláusula rescisória, o novo valor foi algo extremamente baixo para o mercado brasileiro e absurdamente baixo para o internacional. Tivemos conhecimento deste valor quando tomamos posse. O Grêmio e o jogador chegaram a entrar em um princípio de acordo, mas não aconteceu", explicou Antonio Vicente Martins, em entrevista coletiva.

O dirigente disse que, apesar das tentativas de manter o atacante no Olímpico, a vontade do jogador de atuar no futebol europeu prevaleceu. Na última sexta-feira, Jonas se envolveu em uma polêmica com a torcida gremista durante a vitória sobre o São José, por 2 a 1, pelo Campeonato Gaúcho. Ao marcar um gol, o atleta de 26 anos desabafou e xingou torcedores durante a comemoração. No entanto, Vicente
Martins não acredita que esse episódio tenha influenciado na negociação.

Jonas, que discutiu com a torcida na última sexta, deixou o Grêmio hoje

Jonas, que discutiu com a torcida na última sexta, deixou o Grêmio hoje
Crédito da imagem: Agência Estado

"É evidente que a reação do Jonas foi de alguém que esteve sobre alta questão nervosa. Escolher seu futuro, mas estávamos quase cobrindo a proposta dos europeus. Ele teve uma reação despropositada, mas agora vocês podem entender isso. O que contribuiu para saída não foi isso, mas a cláusula no contrato. Ele optou por um desafio profissional, tentamos tudo, mas o clube se manteve irredutível e acabou a negociação".


Jonas foi artilheiro do Brasileirão de 2010. No Grêmio desde 2007, ele marcou 78 gols em 147 pelo clube. O atacante deve conceder uma entrevista nesta segunda-feira à tarde para falar sobre sua ida ao Valencia. Sem Jonas, o técnico Renato Gaúcho agora tem seis opções de atacantes no elenco: Borges, André Lima, Lins, Diego Clementino, Júnior Viçosa e Wesley.

Comentários

Após briga com a torcida, Jonas dá adeus ao Grêmio e vai para o Valencia

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.