Emerson Fittipaldi defende jogo de equipe na Fórmula 1

ESPN.com.br com Agência GE
O brasileiro Emerson Fittipaldi, campeão mundial nas temporadas de 1972 (Lotus) e 1974 (McLaren), atuou como comissário no GP da Itália, disputado na manhã deste domingo. Para o ex-piloto, o chamado jogo de equipe deve ser liberado na Fórmula 1.

"A equipe deve favorecer o piloto que tem chance de conquistar o título. Atualmente, tem maneiras de camuflar essa ordem, mas é um negócio que tem quer claro. Pode fazer jogo de equipe? Pode, por isso que tem equipe na Fórmula 1", disse Fittipaldi à TV Globo antes da corrida.

De acordo com o primeiro brasileiro a conquistar o título mundial na principal categoria do automobilismo, a conduta de favorecer um dos pilotos não é uma novidade na modalidade. "Desde que existe Fórmula 1, sempre teve jogo de equipe", afirmou Fittipaldi.

No GP da Áustria-2002, o brasileiro Rubens Barrichello entregou a vitória para o alemão Michael Schumacher após receber uma ordem da Ferrari. Motivada pelo episódio, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) mudou o regulamento e proibiu o expediente.

No GP da Alemanha-2010, foi a vez de o brasileiro Felipe Massa atender a uma ordem da escuderia italiana e ceder o triunfo para o espanhol Fernando Alonso. A FIA julgou o caso na semana passada e aplicou apenas uma multa de US$ 100 mil, além de anunciar que pretende rever a regra.
Comentários

Emerson Fittipaldi defende jogo de equipe na Fórmula 1

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.