VÍDEO: Botafogo atropela Atlético-MG, vence por 3 a 0 e põe Luxemburgo na berlinda

ESPN.com.br
O Botafogo não tomou conhecimento do Atlético-MG e atropelou o adversário neste sábado, em partida disputada no Estádio João Havelange, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro: 3 a 0.

Com o resultado, o time do técnico Joel Santana chega aos 18 pontos na classificação, enquanto os atleticanos amargam a zona de rebaixamento, com apenas dez pontos. A situação do técnico Vanderlei Luxemburgo é cada vez mais complicada no clube.

Maicosuel comemora o gol que abriu o caminho para a vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG

Maicosuel comemora o gol que abriu o caminho para a vitória do Botafogo sobre o Atlético-MG
Crédito da imagem: Agência Estado
O primeiro gol da partida saiu aos 31 minutos da etapa inicial. Maicosuel acionou Herrera pela direita, o atacante argentino chutou cruzado para a defesa do goleiro Fábio Costa, mas no rebote o próprio Maicosuel tocou para fazer Botafogo 1 a 0.

Ainda no primeiro tempo, aos 41 minutos, Somália arriscou um chute de fora da área, e a bola desviou em Herrera, enganando Fábio Costa. Na etapa complementar, aos 23, Jóbson foi derrubado na área do Atlético-MG por Ricardinho: pênalti. Herrera chutou rasteiro, no canto esquerdo, e definiu o placar.

O Botafogo volta a campo no próximo sábado, às 18h30, em Goiânia, diante do Atlético-GO. O Atlético-MG, por sua vez, tenta a reabilitação no Ipatingão, no mesmo dia e horário, contra o Guarani.

O jogo

Durante todo o primeiro tempo o Botafogo conseguiu impor uma forte marcação na saída de bola do adversário, complicando assim o poder de criação do Atlético. Atuando pela primeira vez em casa desde que voltou da Alemanha, Maicosuel procurou o jogo logo de cara e deu o chute inicial no primeiro minuto, quando mandou a bola sobre o gol. Com dificuldades na criação, o Atlético assustava apenas em chutes de fora da área, como aos 12 minutos, quando Diego Souza exigiu uma boa defesa do goleiro Jéfferson.

CLIQUE NO PLAYER DE VÍDEO ABAIXO E VEJA COMO FOI A PARTIDA

O Botafogo não tomou conhecimento do Atlético-MG e atropelou no Engenhão; veja a reportagem
O Botafogo não tomou conhecimento do Atlético-MG e atropelou no Engenhão; veja a reportagem
Aos 23 minutos, o Botafogo usou outra de sua arma, a qualidade individual de alguns de seus jogadores. Jobson se livrou de dois marcadores, invadiu a área e chutou para o goleiro Fábio Costa desviar para escanteio.

Maicosuel viveu seu primeiro grande momento aos 32 minutos, quando marcou o gol que abriu o marcador. Ele começou a jogada pelo meio, driblou dois rivais e acionou Herrera. O argentino chutou, o goleiro deu rebote e o Mago completou para o fundo da rede.

O Atlético sentiu o golpe e o Botafogo começou a desperdiçar oportunidades. Aos 33, Maicosuel rolou para Marcelo Cordeiro chutar à direita do goleiro. Quatro minutos depois, Somália roubou a bola de Diego Macedo, Herrera invadiu a área e chutou para fora. De tanto insistir o Alvinegro ampliou aos 42 em um lance polêmico. Somália pegou rebote da entrada da área, chutou, a bola desviou na mão de Herrera e "matou" Fábio Costa. O árbitro Leonardo Gaciba validou o gol, entendendo que o argentino, que estava caído no lance, não teve o objetivo de bater na bola.

Ainda no fim do primeiro tempo, já nos acréscimos, o Atlético ainda encontrou força para assustar Jéfferson, com Obina chutando à direita do goleiro alvinegro.

O Atlético voltou para o segundo tempo pressionando, porém com as mesmas dificuldades de criação. Tanto que insistia em chutes de fora da área. Uma prova disso foi que em menos de dez minutos Fernandinho, Diego Souza e Ricardinho mandaram a bola sobre o gol. Já o Botafogo continuava perigoso, só que dessa vez nos contra-ataques. No primeiro deles, aos nove minutos, Herrera foi lançado por Maicosuel, recebeu na área e chutou para fora, com desvio da zaga.

Outra arma que o Atlético tentava usar, mas sem muito sucesso, era a bola parada. Tanto que teve diversos escanteios. Em um deles, aos 18 minutos, a bola sobrou para Diego Tardelli, na área, chutar em cima de Somália. Quando tinha mais volume de jogo o time atleticano acabou sofrendo o terceiro gol, aos 25 minutos. A defesa mineira saiu jogando de forma equivocada, Jobson se beneficiou, invadiu a área e foi derrubado por Ricardinho. O árbitro Leonardo Gaciba corretamente marcou o pênalti, convertido por Herrera.

Depois desse lance, o jogo ficou ainda mais aberto. Surpreendentemente, Joel Santana começou a colocar peças ofensivas em campo, como Caio, Edno e Loco Abreu. Já o Atlético tinha que tentar a qualquer custo reduzir a desvantagem. Quase conseguiu aos 28 minutos, quando Ricardinho, em jogada individual, acertou a trave de Jéfferson. A resposta botafoguense veio aos 37, com chute de Jobson, que Fábio Costa salvou. Dois minutos depois, após cobrança de escanteio, Zé Luís cabeceou sobre o gol. Já aos 41, Tardelli recebeu livre na área e chutou para grande defesa do arqueiro botafoguense. Dois minutos depois Jéfferson voltou a salvar o time carioca em chute de Ricardo Bueno. Era a certeza de que o placar não seria mais modificado.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de agosto de 2010, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Assistentes: Alessandro Rocha (Fifa-BA) e Julio Cesar Santos (RS)
Público: 24.154 pagantes (total de 27.576)
Renda: R$ 552.710,00
Cartões amarelos: Danny Morais (Botafogo); Diego Souza, Zé Luis e Diego Macedo (Atlético-MG)
Gols:
BOTAFOGO:
Maicosuel, aos 32, e Somália, aos 42 minutos do primeiro tempo; Herrera, aos 25 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Danny Morais, Fábio Ferreira e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Somália, Marcelo Mattos (Caio) e Maicosuel (Loco Abreu); Jobson e Herrera (Edno)
Técnico: Joel Santana

ATLÉTICO-MG: Fábio Costa, Diego Macedo, Werley, Cáceres e Fernandinho; Zé Luis, Serginho (Ricardinho), João Pedro e Diego Souza (Jackson); Diego Tardelli e Obina (Ricardo Bueno)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Comentários

VÍDEO: Botafogo atropela Atlético-MG, vence por 3 a 0 e põe Luxemburgo na berlinda

COMENTÁRIOS

Use a Conta do Facebook para adicionar um comentário no Facebook Termos de usoe Politica de Privacidade. Seu nome no Facebook, foto e outras informações que você tornou públicas no Facebook aparecerão em seu cometário e poderão ser usadas em uma das plataformas da ESPN. Saiba Mais.