<
>

Doug Baldwin, ex-Seattle Seahawks, se despede da NFL pelas redes sociais

play
Papo Antunes: Lenda dos Rams e um dos maiores da história da NFL, Torry Holt revela fórmula de sucesso dos Patriots (0:58)

Programa completo com o lendário wide receiver, campeão do Super Bowl XXXIV, está disponível no WatchESPN (0:58)

Após oito temporadas, Doug Baldwin parece ter se despedido da NFL. Na última madrugada o ex-recebedor do Seattle Seahawks usou suas redes sociais para indicar que realmente está pendurando as chuteiras.

De acordo com Adam Schefter, da ESPN, Baldwin queria continuar jogando, mas as cirurgias desta offseason e o fim de seu contrato com a franquia de Seattle na semana passada – por não ter conseguir passar nos exames físicos – devem colocar um ponto final em sua jornada.

Baldwin, foi campeão do Super Bowl XLVIII e é um dos melhores e mais populares jogadores dos Seahawks, passou por procedimentos na virilha e no ombro após o fim da última temporada. Em 2018 ele enfrentou lesões em ambos os joelhos, um cotovelo, um ombro, costela e virilha.

“Porque o fim de uma jornada é o começo de outra. E advinha só... será uma grande jornada. Você sentirá dores emocionais e físicas que nunca imaginou que existissem. Você vai falhar várias e várias vezes. Mas não se preocupe, tudo isso será a razão do seu sucesso”, escreveu no Instagram.

Os Seahawks, sabendo que poderiam não contar com o recebedor no próximo ano, usaram a última escolha da segunda rodada para recrutarem o recebedor DK Metcalf, de Ole Miss.

Em dezembro, Baldwin reconheceu que já estava nos últimos momentos de sua carreira. Isso aconteceu dias antes dele receber dois touchdowns na derrota para San Francisco e pouco mais de uma semana antes de ter o melhor jogo da temporada, na vitória contra Kansas City, quando teve sete recepções para 126 jardas e um TD.

AS lesões, contudo, tiraram o recebedor de três partidas e limitaram-no a apenas 50 recepções (menor número desde 2013), 618 jardas (pior marca desde 2012), e cinco touchdowns.