<
>

Lenda dos Rams, Torry Holt relembra 'melhor ataque da história' da NFL e derrota para os Patriots em Super Bowl

play
Papo Antunes: Lenda dos Rams e um dos maiores da história da NFL, Torry Holt revela fórmula de sucesso dos Patriots (0:58)

Programa completo com o lendário wide receiver, campeão do Super Bowl XXXIV, está disponível no WatchESPN (0:58)

Um dos principais recebedores do início dos anos 2000, Torry Holt foi o entrevistado do Papo Antunes desta semana e relembrou momentos marcantes de sua carreira.

Integrante do "Greatest Show on Turf”, histórico ataque do então St. Louis Rams - hoje Los Angeles - liderado por Kurt Warner, o ex-camisa 81 explicou como a franquia, favorita a vencer o Super Bowl XXXVI, acabou derrotada pelo New England Patriots na decisão da NFL.

“O único problema foi que não pontuamos. Marcamos três pontos quando precisávamos ter marcado sete pontos. E permitimos que eles ficassem no jogo. E o jogo ficou em uma posse de bola, e Tom Brady conseguiu liderar seu time pelo campo, assim como ele fez contra o Kansas City Chiefs (em 2019). Ele conseguiu liderar seu time pelo campo e colocou Vinatieri em posição de chutar para vencer o jogo naquele field goal. E aí eles se tornaram campeões do Super Bowl”, contou Holt.

Seria o segundo título em três temporadas dos Rams. Contudo, um jovem Tom Brady e Bill Belichick acabaram surpreendendo e se sagrando campeões.

Em 2010, já em fim de carreira, Holt teve uma breve passagem pelos Patriots e conseguiu identificar a diferença da cultura da franquia de New England em relação as outras.

“Eles têm um jeito único sobre como eles cuidam dos negócios. Tudo se trata sobre futebol americano quando você entra por aquelas portas. Nada fora daquelas paredes existe. É sobre entrar naquele prédio competindo, saber sua função, dar conta do seu trabalho, e jogar em alto nível e se tornar elite”, falou o ex-jogador.

Ele ainda ressaltou a importância de Belichick, que consegue fazer com que os jogadores entendam seus ensinamentos e reproduzam eles durante as partidas.

“Eu sabia exatamente o porquê eles são campeões. Eu descobri rapidamente como a franquia deles consegue manter esse tipo de sucesso. E isso me lembrou da situação que eu encontrei quando eu era um novato em St. Louis, e como Dick Vermeil comandava a operação. Os caras compram o que Bill está ensinando. E o mais importante: eles vão lá e fazem”, detalhou.