<
>

NFL: Russell Wilson quer 'reajuste anual' e não vai conversar com Seahawks se não receber contrato até a meia-noite

play
NFL: Carnaval, passe no Cristo Redentor, jogo na praia e Gabriel Medina: Russell Wilson e Ciara aproveitam o Brasil (6:49)

Quarterback do Seattle Seahawks veio ao Brasil no começo de março e a NFL acompanhou tudo (6:49)

Esta segunda-feira foi definida por Russell Wilson como o limite para assinar uma extensão contratual com o Seattle Seahawks. De acordo com uma fonte de Adam Schefter, da ESPN, se o novo vínculo não estiver certo até a meia-noite, o quarterback não quer conversar mais sobre o tema até o fim da temporada.

Trata-se do último ano de contrato de Wilson com os Seahawks e ele é esperado para toda a atividade de pré-temporada mesmo sem um acerto sobre a extensão. Porém, as conversas por sua permanência só voltariam a acontecer no ano que vem, provavelmente com a aplicação da franchise tag.

Na última vez que negociou com Seattle, Wilson recebeu um contrato que o colocou como o segundo mais bem pago quarterback, atrás apenas de Aaron Rodgers. Com o passar dos anos, porém, ele ficou para trás e hoje é apenas o 12º em termos de média de ganhos por temporada. E é justamente isso que parece estar complicando um novo contrato.

Segundo Peter King, da NBC, a vontade do jogador é que o novo vínculo venha com um mecanismo que aumenta o salário do jogador anualmente, tendo como base ou aumento do teto salarial da liga.

Não há precedente para tal tipo de acordo e os Seahawks estariam relutantes em abrir essa possibilidade, que pode trazer um componente a mais nas futuras discussões já tão conturbadas pelas questões do dinheiro garantido.