<
>

NFL se agita com a rebeldia de Antonio Brown; confira as consequências

play
NFL: Antonio Brown pediu para ser trocado dos Steelers, mas quais os possíveis destinos? Paulo Antunes analisa (6:02)

Wide receiver fez pedido formal para deixar o Pittsburgh Steelers depois de nove temporadas (6:02)

Antonio Brown tem agitado os bastidores da NFL com seu confesso e tão alardeado desejo de deixar o Pittsburgh Steelers.

Depois de montagens com a camisa do San Francisco 49ers e uma conversa com Jerry Rice, a abordagem foi mais direta nos últimos dias, com repetidas mensagens afirmando estar “aberto para negócios”, e até mesmo um vídeo se despedindo e agradecendo aos torcedores pelos 9 anos em Pittsburgh.

É hora então de ver o que toda esta rebeldia de um dos melhores wide receivers da atualidade vai resultar para os Steelers e também para a NFL.

A REGRA É CLARA: NADA DE PATRIOTS

Calma torcedor, Antonio Brown não vai receber passes de Tom Brady em 2019. Ao menos é o que promete a equipe dos Steelers.

A franquia definiu quatro franquias com quem não pretende negociar Brown de forma alguma: seus rivais na AFC Norte (Baltimore Ravens, Cincinnati Bengals e Cleveland Browns), e os atuais campeões do Super Bowl.

Então, apesar de Tom Brady responder os posts de Brown no Instagram (como você pode ver acima), ou do recebedor compartilhar uma conversa com o quarterback (abaixo), esse cenário de terror para os adversários não deve acontecer.

Afinal, todos se lembram quando o New England Patriots mandou uma escolha de quarta rodada no draft de 2007 para o Oakland Raiders em troca do também problemático recebedor de 30 anos Randy Moss, que terminou aquela temporada com 23 touchdowns na temporada de 16 vitórias.

O QUE OS STEELERS QUEREM POR BROWN?

Observando como o mercado se comportou no último ano, a resposta é óbvia: para levar o camisa 84 é necessário oferecer ao menos uma escolha de primeira rodada.

Afinal, o Los Angeles Rams mandou uma escolha de primeira rodada para tirar Brandin Cooks dos Patriots (e NE já havia pago o mesmo para pegar o jogador do New Orleans Saints), e Amari Cooper, sem tanto brilho no momento, foi para o Dallas Cowboys pelo menos valor.

QUANTO OS STEELERS DEVEM RECEBER POR BROWN?

O clima exposto por Brown não ajuda nem um pouco no poder de negociação. Afinal, está bem claro que o jogador não tem condições de seguir por lá, e os Steelers terão que aceitar uma oferta de qualquer forma.

Em contato com a ESPN, dois executivos bem conceituados na NFL disseram que se fossem negociar pelo jogador ofereceriam uma escolha do segundo dia do draft (segunda ou terceira rodada). Um deles ainda disse que a oferta poderia cair ainda para uma quarta rodada, dependendo do que descobrissem durante o processo.

ALÉM DA ESCOLHA, QUANTO CUSTA TER BROWN?

Antonio Brown tem mais três anos em seu contrato, que vai com ele para a nova casa.

Em 2019 seu salário será de US$ 12,6 milhões (R$ 47,41 milhões), com US$ 11,3 milhões (R$ 42,52 milhões) em 2020 e US$ 12,5 milhões (R$ 47,03 milhões). Valores relativamente baixos para um jogador do calibre de Brown.

Visualizar esta foto no Instagram.

When the goat embrace you.......

Uma publicação compartilhada por Antonio Brown (@ab) em

QUANTO ISSO VAI CUSTAR AOS STEELERS

Trocando Brown, os Steelers teriam que absorver US$ 21,12 milhões (R$ 79,47 milhões) no chamado “dinheiro morto”, mas isso não seria um grande problema, já que livrariam US$ 22,165 milhões (R$ 83,40 milhões) de impacto na folha.

Se estiver no elenco até o dia 17 de março, Brown ainda vai embolsar US$ 2,5 milhões (R$ 9,41 milhões) de bônus, que também vai impactar na folha.

Porém, existe uma forma interessante dos Steelers lidarem com isso tudo. Dan Graziano, da ESPN, explica: trocando Brown depois de 1º de junho, a franquia fica livre para dividir o impacto na filha ao longo de vários anos. Eles teriam que manter alguém descontente por mais tempo, mas causaria um impacto imediato de US$ 10 milhões (R$ 37,63 milhões).

Visualizar esta foto no Instagram.

All fans caption below next city.....

Uma publicação compartilhada por Antonio Brown (@ab) em

QUANDO ISSO VAI ACONTECER?

Mesmo que venha a acontecer algo nos próximos dias, o anúncio oficial só acontecerá depois do dia 13 de março, quando começa o novo ano na NFL. Até lá, mesmo que a notícia e os termos vazem, as franquias envolvidas e o jogador não poderão falar sobre o assunto.

O melhor cenário para os Steelers então é que o acerto aconteça entre 13 e 16 de março, para evitar o pagamento do bônus. Mas também existe a chance, explicada acima, de só acontecer algo no dia 1 de junho.

Visualizar esta foto no Instagram.

Miami Vice Reboot coming soon #Boomin

Uma publicação compartilhada por Antonio Brown (@ab) em

COMO FICAM?

Bom, não é segredo para ninguém que a torcida da nova casa de Brown ficará feliz e esperançosa, enquanto o jogador ficaria radiante se seu destino fosse um time com chances de brigar pelo Super Bowl.

Já para os Steelers o trabalho vai ser pesado para conseguir suprir a perda de dois de seus três principais astros nos últimos anos. Com Le’Veon Bell sequer entrando em campo no último ano, e Brown dando adeus, Ben Roethlisberger certamente terá JuJu Smith-Schuster como seu principal alvo. “É uma responsabilidade que todo recebedor adora ter”, disse JuJu, no final de semana do Pro Bowl, sobre a possibilidade de ser o principal recebedor do time. Talento ele já mostrou que tem.