<
>

Tom Brady comemora seu sexto Super Bowl com os Patriots e se isola como maior campeão

Aos 41 anos, Tom Brady não fez seu melhor Super Bowl. Mesmo assim, o camisa 12 do New England Patriots deixou o Mercedes-Benz Stadium com mais um feito histórico.

Em sua 18ª temporada na liga, o quarterback conquistou seu sexto anel de campeão do Super Bowl, superando Charles Haley e se isolando como o jogador que mais vezes levantou o troféu Vince Lombardi na história.

Haley, ao contrário de Brady, conquistou títulos por franquias diferentes, sendo dois pelo San Francisco 49ers e três pelo Dallas Cowboys. Entre quarterbacks, Brady tem dois a mais que Joe Montana e Terry Bradshawk, que foram campeões quatro vezes cada.

Primeiro QB com mais de 40 anos a conquistar o título de uma temporada, Brady igualou Fuzzy Thuston e Herb Adderley, como os jogadores com mais títulos da história da liga, mas ambos acumularam conquistas antes da fusão das ligas e a criação do Super Bowl.

A marca histórica mereceu elogios até de atletas de outros esportes, como LeBron James, que chamou Tom Brady de “G.O.A.T.”, a sigla em inglês para “Melhor de Todos os Tempos”.

A vitória por 13 a 3 foi a 30ª de Brady em pós-temporada, igualando o total que o San Francisco 49ers, seu time de infância, teve em toda sua história. Ele agora tem tantas quantas ou mais vitórias que 28 franquias, perdendo apenas para seu New England Patriots, Pittsburg Steelers, Green Bay Packers e Dallas Cowboys.

Já o técnico Bill Belichick também chegou ao sexto título como técnico principal de uma franquia – tem mais dois como coordenador do New York Giants – igualando as marcas de George Halas e Curly Lambeau como maiores campeões da NFL (contanto antes do Super Bowl).

É a primeira dupla a conseguir seis títulos nos esportes americanos desde Michael Jordan e Phil Jackson, no Chicago Bulls.

Juntos, Brady e Belichick comemoram o sexto título deixando para trás Vince Lombardi e qualquer outro jogador dos Packers, que no máximo somaram cinco títulos juntos. São dois Super Bowls a mais do que qualquer outra dupla de treinador/QB.