<
>

Super Bowl LIII, Rams x Patriots: veja o guia COMPLETO da cidade de Atlanta, palco do duelo

Atlanta é a dona do mundo esportivo nesta semana. A capital do Estado da Geórgia abre as portas para a NFL, o New England Patriots e o Los Angeles Rams e vai receber o Super Bowl pela terceira vez – a primeira no novo palco, o Mercedes-Benz Stadium.

Mas quem for para a cidade assistir ao jogo – e estima-se que mais de 1 milhão de pessoas estarão nos eventos relacionados ao Super Bowl – terá muito o que aproveitar para além do duelo entre Patritos e Rams.

E o ESPN.com.br preparou um guia especial para você conhecer tudo sobre Atlanta!

A cidade

Atlanta é a capital do Estado da Geórgia e tem menos de 500 mil habitantes. É a 38ª cidade mais populosa dos Estados Unidos. Na realidade brasileira, é como se ela fosse do tamanho de Belo Horizonte, mas com a população de Florianópolis.

A cidade é de maioria negra (51,4% dos habitantes). E isso é importante historicamente: Atlanta se transformou no berço dos direitos humanos e na luta contra o preconceito. É a cidade-natal de ninguém menos que Martin Luther King

A cidade dos filmes - e dos heróis

Atlanta também é palco da gravação de vários filmes famosos. Muitos deles de super-heróis, como "Homem Formiga", "Capitão América", "Vingadores" e "Pantera Negra" - esse último até com ligação à história da cidade, com toda a luta pelos direitos civis.

Outros filmes clássicos também se passaram lá, como "E O Vento Levou", indicado a 13 categorias no Oscar e vencedor de 10, e "Conduzindo Miss Daisy", com 9 indicações e 4 estatuetas. Ambos foram eleitos os melhores filmes de 1940 e 1990, respectivamente.

Os famosos da cidade

Como é comum com grande cidades, Atlanta é berço de vários famosos. No mundo dos esportes, foi lá que nasceram nomes como Walt Frazier, Dwight Howard e Cam Newton. Nas artes, é casa de Spike Lee, CeeLo Green, Lil Jon e Kanye West. E na política é cidade-natal do ex-presidente Jimmy Carter, além do já citado Martin Luther King.

Os pontos turísticos

GEORGIA AQUARIUM

É considerado o maior aquário do Ocidente, com mais de 38 milhões de litros entre água doce e salgada. E tem o maior tanque do mundo: 24 milhões de litros no Ocean Voyager, que simula um oceano de verdade, com toda a sua vida.

A visita custa em torno de US$ 30 (cerca de R$ 110).

SKYVIEW ATLANTA

A roda gigante é o cartão postal da cidade. Com uma altura de aproximadamente 60 metros – o mesmo que um prédio de 20 andares -, ela dá a melhor visão da cidade.

O ingresso custa em torno de US$ 15 (cerca de R$ 55).

WORLD OF COCA-COLA

Atlanta é sede de nada menos que a fábrica da Coca-Cola, um dos maiores impérios empresariais do mundo. O World of Coca-Cola é um museu interativo permanente que exibe a história da companhia. Lá está, por exemplo a fórmula secreta do refrigerante. Mas não se empolgue tanto: ela está guardada a sete chaves dentro de um cofre, que fica exposto ao público.

Uma visita custa em torno de US$ 17 (cerca de R$ 62).

NATIONAL CENTER FOR CIVIL AND HUMAN RIGHTS

Atlanta é o berço da luta pelos direitos humanos. E isso, claro, está exposto na cidade. O National Center for Civil and Human Rights é um museu que conta isso, expondo aos públicos vários materiais de Martin Luther King.

Uma visita custa em torno de US$ 20 (em torno de R$ 73) – mas a entrada será gratuita até o fim de fevereiro em uma ação de patrocinadores.

THE KING CENTER

Mas o museu não é o único local que homenageia Martin Luther King na cidade. Atlanta conserva uma área com construções relacionadas à vida dele. O lugar fica onde o ativista nasceu e tem também a igreja de onde ele era pastor, entre outras atrações.

A visitação é gratuita.

As comidas

Como uma boa cidade do Sul dos Estados Unidos, Atlanta é conhecida por seu churrasco e seu hambúrguer. A cidade também tem fama pelo frango frito. Nos últimos anos, também cresceu demais a produção de cervejas artesanais.

O Mercedez Benz-Stadium também se notabiliza por ter algumas das comidas mais baratas do país - preços que serão, inclusive, mantidos na grande decisão.

O esporte na cidade

Atlanta é mais uma das cidades norte-americanas que respira esporte, com representantes em cinco grandes ligas do país: Atlanta Dream (WNBA), Atlanta United (MLS), Atlanta Braves (MLB), Atlanta Hawks (NBA) e Atlanta Falcons (NFL).

Os Braves são os maiores campeões locais, com três World Series. Os Hawks ganharam a NBA uma vez, e o United se sagrou campeão da última temporada da MLS, aumentando muito o interesse local pelo futebol jogado com os pés.

A cidade também é muito impactada pelos Bulldogs da Georgia University, sediada no município de Athens, mas com muita torcida e relevância por todo o Estado.

O esporte universitário é tão importante que Atlanta é casa do College Football Hall of Fame, um museu que homenageia os melhores jogadores do futebol americano universitário e que tem a famosa Helmet Wal (Parede de Capacetes, em tradução literal), com a representação em mini-capacetes de todos os 778 times universitários do esporte no país.

A Olimpíada de Atlanta

Atlanta foi sede dos Jogos Olímpicos de 1996. E a cidade conseguiu usar a competição a seu favor para se revitalizar e também para se tornar bem mais conhecida ao redor do mundo. Ao todo, estima-se que a Olimpíada movimentou US$ 5,14 bilhões na capital da Geórgia, com 2 milhões de turistas na cidade.

Ao Brasil, fica a lembrança de três medalhas de ouro, três de prata e nove de bronze, com o 25º lugar na classificação geral. Subiram ao posto mais alto do pódio Robert Scheidt (vela), Torben Grael/Marcelo Ferreira (vela) e Jaqueline Silva/Sandra Pires (vôlei de praia).

O Super Bowl na cidade

Será a terceira vez que Atlanta recebe o Super Bowl, mas a primeira no novo Mercedes-Benz Stadium. As outras duas edições foram jogadas no Georgia Dome, com o Dallas Cowboys vencendo o Buffalo Bills em 1994 e com o St. Louis Rams batendo o Tennessee Titans em 2000.

Desta vez, a expectativa é que o evento movimente US$ 400 milhões na cidade, quase R$ 1,5 bilhão. Mesmo com apenas um dia de jogo, envolvendo só dois times de um único país e de uma só modalidade, o valor é cerca de 8% do que foi movimentado pela Olimpíada, que envolve todos os países do mundo, vários esportes e durou 17 dias oficialmente.

O palco

O Mercedez-Benz Stadium é a nova casa do Atlanta Falcons e também recebe o Atlanta United, time de futebol que acaba de se sagrar campeão da MLS. O estádio tem teto retrátil – o que é fundamental em uma época muito fria do ano nos Estados Unidos – e é conhecido por ser ultratecnológico.

GOAT

Tom Brady é chamado por muitos de GOAT (Greatest Of All Time, O Melhor da História, em tradução literal). Goat, em inglês, também significa cabras. E Atlanta tem lá sua tradição com esse animal!

A cidade é um dos berços da Goat Yoga, que chamou a atenção de todo o mundo por ser tão diferente. Trata-se exatamente disso que o nome sugere: sessões de yoga feita com cabras.

E a gente quer saber: quem é o GOAT (o melhor da história) da NFL?

E quem vence?