<
>

Tom Brady vai disputar seu nono Super Bowl com os Patriots; relembre suas outras emocionantes decisões

Neste domingo, às 21 horas (de Brasília), Los Angeles Rams e New England Patriots entram em campo para a disputa do Super Bowl LIII, com transmissão exclusiva da ESPN e do WatchESPN.

Será a nona vez que Tom Brady, quarterback dos Patriots, disputará a grande decisão de uma temporada, buscando seu sexto título já aos 41 anos.

Se depender do histórico do quarterback, a partida do domingo será cheia de emoção. Afinal, nenhuma das oito decisões anteriores terminou com uma diferença de pontos maior do que uma posse de bola. Relembre cada uma delas, com suas jogadas marcantes (se quiser mais detalhes do jogo, basta clicar no placar).

SUPER BOWL XXXVI

PATRIOTS 20 x 17 RAMS

O primeiro Super Bowl de Tom Brady foi justamente contra os Rams, que eram apontados como favoritos por 14 pontos nas casas de apostas. New England chegou no quarto período com o placar de 17 a 3 a seu favor, mas não conseguiu segurar Kurt Warner e o empate veio com apenas um minuto e meio no relógio.

Brady então mostrou do que era capaz, conectando passes com Troy Brown, J.R. Redmond e Jermaine Wiggins, deixando Vinatieri em posição de chutar o field goal de 48 jardas e garantir o primeiro título da franquia.


SUPER BOWL XXXVIII

PATRIOTS 32 x 29 PANTHERS

O 2º Super Bowl de Brady foi uma mistura de momentos entediantes e outros de extrema loucura. Depois de quase 27 minutos no 0 a 0, os Patriots foram para o intervalo com a vantagem de 14 a 10, com todos os 24 pontos sendo marcados em três minutos e cinco segundos.

O terceiro quarto ficou zerado mais uma vez, e o quarto período mostrava o placar de 29 a 29 com pouco mais de um minuto para jogar. John Kasay ajudou New England, mandando o kickoff para fora, fazendo Brady precisar percorrer pouco espaço para deixar Vinatieri mais uma vez com o chute da vitória, agora de 41 jardas.


SUPER BOWL XXXIX

PATRIOTS 24 x 21 EAGLES

Esse talvez seja o Super Bowl que mais facilmente saia da cabeça do torcedor dos Patriots. Por mais que o equilíbrio tenha seguido por quase todo o tempo, os Patriots abriram 10 pontos de vantagem com pouco menos que nove minutos no relógio.

Depois de uma interceptação de Bruschi em McNabb, os Eagles pegaram a bola com 5:40 para o fim do jogo, mas só foram trazer a diferença para três pontos com 1:48 para o fim. O onside kick falhou, mas os Patriots foram conservadores e só forçaram os Eagles a gastarem o relógio. Com pouco tempo para o fim, McNabb teve que forçar o braço e acabou sendo interceptado mais uma vez, agora para acabar com o jogo.


SUPER BOWL XLII

GIANTS 17 x 14 PATRIOTS

Os Patriots chegaram ao Super Bowl com a chance de coroar uma campanha invicta, um feito inédito com a temporada em 16 jogos. Mas o New York Giants estava lá para frustrar aquele que era o melhor ataque da história da liga na época.

Desta vez Brady deixou New England em vantagem com um passe para Randy Moss restando 2:42 para o fim, mas Eli Manning estava iluminado naquela noite. O camisa 10 escapou de forma impressionante do que poderia ser o sack decisivo, e a recepção de David Tyree, com ajuda do capacete, foram os momentos simbólicos do primeiro revés de Brady em decisões.


SUPER BOWL XLVI

GIANTS 21 x 17 PATRIOTS

Quatro anos depois, o reencontro entre Tom Brady e Eli Manning teve um desfecho semelhante, e Brady começou sofrendo um safety após cometer a falta por se livrar da bola tentando evitar o sack dentro da endzone.

A vantagem no placar veio no fim do primeiro tempo, que terminou em 10 a 9 para New England. Aaron Hernandez deixou o jogo em 17 a 9, e os Giants reduziram a desvantagem com dois field goals, virando o resultado no último minuto, quando Ahmad Bradshaw ainda pensou se faria o touchdown ou não, temendo deixar muito tempo no relógio.

Brady teve a chance da Hail Mary, mas a tentativa de passe para Gronkwoski, que jogou o Super Bowl com o tornozelo longe de estar 100%, não foi conectada e Eli mais uma vez foi o algoz de Brady.


SUPER BOWL XLIX

PATRIOTS 28 x 24 SEAHAWKS

Os Patriots voltaram para o Super Bowl meses depois de terem levado uma verdadeira surra do Kansas City Chiefs, no jogo em que toda a dinastia foi questionada. Mais uma vez o jogo foi um verdadeiro “teste para cardíaco”, em que os Seahawks, que defendiam o título, fizeram uma campanha de 29 segundos para empatar o jogo antes do intervalo.

New England entrou no último quaro perdendo por 10 pontos, e conseguiu a virada com touchdowns de Danny Amendola e Julian Edelman, deixando o placar em 28 a 24 nos dois minutos finais. Então veio a recepção milagrosa de Kearse, e a bola na linha de uma jarda com o relógio chegando ao fim. Mas a questionável decisão de ir para o passe aconteceu, e Malcolm Butler virou o herói do 4º título.


SUPER BOWL LI

PATRIOTS 34 x 28 FALCONS

O Atlanta Falcons tinha o melhor ataque da NFL, comandado pelo MVP Matt Ryan, e amassou New England por quase toda partida, tendo inclusive uma interceptação de Robert Alford em Brady, retornando 82 jardas até a end zone.

Até restarem pouco mais de dois minutos para o fim do terceiro quarto, o placar era de 28 a 3 para os Falcons, mas então começou a maior reação da história do Super Bowl, com um chute de Gostkowski (que havia perdido um extra point), touchdowns de Amendola e James White, ambos com conversões de dois pontos, e um TD final de White na prorrogação. De tirar o fôlego!


SUPER BOWL LII

EAGLES 41 x 33 PATRIOTS

Na busca pelo sexto título, Tom Brady teve um jogo de 505 jardas e três touchdowns, mas não foi o suficiente. Isso porque o ataque dos Eagles, comandados pelo surpreendente reserva Nick Foles, conseguiu transformar os Pats na primeira equipe a anotar 33 pontos na final e ainda sim perder.

Com os Eagles vencendo por 38 a 33, Brady pegou a bola com pouco mais de dois minutos de jogo, tentando uma nova campanha da vitória. Porém, Brandon Graham conseguiu um strip sack em Brady, os Eagles anotaram um field goal e mesmo com os Patriots mais uma vez tendo a chance do empate com a Hail Mary, esta seria a terceira derrota de Brady em Super Bowls.