<
>

NFL: Mahomes ou Brees? ESPN elege MVP e tem apenas uma unanimidade nos prêmios da temporada

play
Patrick Mahomes o MVP? Paulo Antunes distribui os prêmios da temporada da NFL (3:55)

Andrew Luck, Aaron Donald, Saquon Barkley, Darius Leonard e Matt Nagy foram escolhidos pelo comentarista (3:55)

A temporada regular da NFL terminou, os playoffs começaram, mas enquanto a liga não revela os vencedores dos prêmios de 2018, o ESPN.com.br resolveu unir especialistas e fazer a sua própria eleição.

E diferentemente do que aconteceu na nossa premiação da metade da temporada, tivemos uma escolha unânime desta vez.

Veja quem são os nossos eleitos:

Pule para o prêmio:
TÉCNICO | COMEBACK PLAYER | CALOURO DEFENSIVO | CALOURO OFENSIVO | DEFENSIVO | OFENSIVO | MVP

MELHOR TÉCNICO: MATT NAGY (BEARS)

Nagy foi o escolhido com mais de 42% dos votos. Ele transformou um Chicago Bears que não chegava nos playoffs desde 2010, derrubou Packers e Vikings para vencer a NFC Norte e, apesar da derrota para os Eagles no Wild Card, deve ser reconhecido como o melhor técnico da temporada.

Também receberam votos: Sean Payton (Saints) e Anthony Lynn (Chargers)


RETORNO DO ANO: ANDREW LUCK (COLTS)

Andrew Luck foi de um quarterback que temia nunca mais jogar para um que terminou a temporada em 2º nos passes para touchdown, derrubou os Texans em Houston e briga por uma vaga na final da AFC. Luck superou a grave lesão no ombro que o afastou de jogos de temporada regular por 616 dias e voltou ao nível que o tornou uma estrela da liga. Por isso, foi escolha unânime na eleição.


CALOURO DEFENSIVO DO ANO: DARIUS LEONARD (COLTS)

Escolha de segunda rodada do draft, o linebacker se tornou o grande nome da defesa dos Colts em pouquíssimo tempo. Foram 163 tackles na temporada regular, o bastante para liderar a liga e quebrar o recorde histórico de Indianapolis. Além de sete sacks e duas interceptações. Quer mais?

Também receberam votos: Bradley Chubb (Broncos) e Derwin James (Chargers)


CALOURO OFENSIVO DO ANO: BAKER MAYFIELD (BROWNS)

Saquon Barkley merece todo o nosso respeito. Mas quando um quarterback finalmente tem sucesso em Cleveland e faz os Browns sonharem com dias melhores no futuro... bom, este QB precisa ser reconhecido. Mayfield jogou apenas 14 jogos, mas quebrou o recorde de touchdowns lançados por quarterbacks calouros (27) e se aproximou das quatro mil jardas na temporada (3.725).

Também recebeu votos: Saquon Barkley (Giants)


JOGADOR DEFENSIVO DO ANO: KHALIL MACK (BEARS)

Aaron Donald ou Khalil Mack. A disputa foi acirrada entre os dois últimos vencedores do prêmio. E, com certeza, será apertada quando a NFL distribuir os troféus. Na nossa eleição, Mack teve 50% dos votos, contra 35,7% de Donald. O camisa 52 dos Bears foi a peça final que transformou a defesa de Chicago na melhor da liga. Foram 12.5 sacks, seis fumbles forçados, quatro passes desviados, uma interceptação e um touchdown na temporada.

Também receberam votos: Aaron Donald (Rams) e J.J. Watt (Texans)


JOGADOR OFENSIVO DO ANO: TODD GURLEY II (RAMS)

Ezekiel Elliott cresceu muito na segunda metade da temporada, DeAndre Hopkins brilhou com os Texans e, claro, Patrick Mahomes bateu recordes com os Chiefs. Mas a temporada de Todd Gurley foi forte o bastante para deixá-lo no topo de nossa eleição - sim, nós sabemos que o MVP deveria vencer este prêmio também, mas a NFL não costuma pensar assim. Gurley teve 1.251 jardas e 17 touchdowns terrestres. Pelo ar, 580 jardas e mais quatro TDs. E ele jogou apenas 14 jogos na temporada.

Também receberam votos: Ezekiel Elliott (Cowboys), DeAndre Hopkins (Texans) e Patrick Mahomes (Chiefs)


MVP: PATRICK MAHOMES (CHIEFS)

Histórica. Não há outra palavra para explicar o que foi a temporada de Mahomes. O quarterback dos Chiefs teve 5.097 jardas (2º na liga), 50 touchdowns (1º) e rating de 113.8 (1º) - além de ter lançado apenas 12 interceptações. Ele se tornou o segundo QB da história a lançar para mais de cinco mil jardas e pelo menos 50 touchdowns em uma temporada (Peyton Manning é o outro, em 2013), e o terceiro com 50 TDs (Manning e Tom Brady). Os Chiefs ainda terminaram o ano com 12 vitórias e a melhor campanha da AFC.

Também recebeu votos: Drew Brees (Saints)


Apresentados os nossos escolhidos, é hora de você também opinar. Deixe o seu voto para cada uma das categorias: