<
>

Líder veterano e lanterna vergonhoso: veja o ranking de custo-benefício entre os principais novos contratos da NFL

A última offseason da NFL foi marcada por contratos milionários, como os de Aaron Rodgers e Kirk Cousins, e trocas surpreendentes, entre as quais as de Khalil Mack e Alex Smith.

Entrando na 13ª semana de temporada regular, alguns jogadores vêm correspondendo ao investimento realizado, enquanto outros fazem as franquias repensarem se tomaram a decisão correta.

Pensando nisso, selecionamos os contratos mais valiosos da NFL que estão em seu primeiro ano de vigência e ranqueamos os jogadores pelo seu custo-benefício.

11. Blake Bortles – US$ 54 mi por 3 anos

Posição no ranking de salários da NFL: 20º
Contrato assinado em: 24 de fevereiro de 2018

Mesmo com uma chuva de críticas sobre Blake Bortles, por parte da imprensa em geral, o Jacksonvlle Jaguars decidiu continuar apostando na 3ª escolha geral do Draft de 2014. Com Leonard Fournette lesionado durante boa parte da temporada, a esperança da franquia era que Bortles liderasse o time às vitórias, mas não foi bem o que aconteceu.

Até aqui, ele tem o 5º pior QB rating, com apenas 13 touchdowns e 10 interceptações, desempenho que o fez perder a condição de titular para Cody Kessler, que iniciará o jogo contra os Colts, no domingo.


10. Jimmy Garoppolo – US$ 137,5 mi por 5 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 8 de fevereiro de 2018

No caso deste jogador, é possível dizer que a maior parte da culpa por seu péssimo custo-benefício não é dele. Jimmy Garoppolo viu a esperança de um ano brilhante ruir apenas na 3ª semana da temporada regular. Durante a partida contra o Kansas City Chiefs, Garoppolo torceu o joelho no fim de uma corrida e rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho esquerdo.

Com apenas três jogos realizados, é difícil analisar se Garoppolo iria corresponder em campo o fato de ter o quarto maior salário da NFL. Infelizmente, isso ficará para 2019.


9. Case Keenum – US$ 36 mi por 2 anos

Posição no ranking de salários da NFL: 20º
Contrato assinado em: 13 de março de 2018

Após a melhor temporada de sua carreira, Case Keenum foi aposta do Denver Broncos para reconduzir o time aos playoffs. Com um ataque limitado, era muito difícil que ele repetisse o desempenho apresentado no ano passado.

Porém, mesmo com peças inferiores à disposição, o QB vem mostrando ser um jogador mais seguro do que em seus primeiros anos na liga. Em 11 jogos, Keenum lançou 13 touchdowns, 10 interceptações e 2.802 jardas – média de 254,7 jardas por partida, a melhor de sua carreira.


8. Alex Smith – US$ 94 mi por 4 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 19 de março de 2018

A troca de Alex Smith para o Washington Redskins pegou o mundo da NFL de surpresa. Em 2018, Smith fazia um ano consistente, sem empolgar e nem decepcionar, isso até a semana 11.

Na derrota para o Houston Texans, Alex Smith quebrou a tíbia e a fíbula da perna direita e encerrou sua temporada. Inclusive, diante da gravidade da lesão, o repórter Adam Schefter, da ESPN, apurou que o retorno do jogador de 34 anos aos gramados é incerto.


7. Odell Beckham Jr. – US$ 90 mi por 5 anos

Posição no ranking de salários da NFL: 20º
Contrato assinado em: 27 de agosto de 2018

O wide receiver mais bem pago da história da NFL não vive sua temporada dos sonhos, porém, mesmo com um time fraco e em meio às polêmicas, Odell Beckham Jr segue em alto nível.

Até aqui, o atleta tem uma média de jardas recebidas por partida maior do que 2016, última temporada dos Giants nos playoffs: 92,5 contra 85,4.


6. Matt Ryan – US$ 150 mi por 5 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 3 de maio de 2018

Dono da casa que receberá o Super Bowl LIII, o Atlanta Falcons dificilmente estará na grande decisão da NFL. A culpa, porém, está longe de ser do camisa 2.

Mesmo com as dificuldades enfrentadas pela franquia na temporada, Matt Ryan lidera a liga em jardas aéreas, são 3683 em 11 jogos, média de 334,8, a melhor da carreira. No quesito aproveitamento de passes, Ryan está com 71,4% e perde apenas para Drew Brees.


5. Aaron Rodgers – US$ 134 mi por 4 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 29 de agosto de 2018

Aaron Rodgers tinha tudo para liderar essa lista, mesmo carregando o rótulo de maior salário da liga. Porém, uma lesão no joelho ainda na primeira partida da temporada, contra os Bears, atrapalhou os planos do camisa 12 e dos Packers.

Ainda assim, o nível dele é muito alto. Aaron Rodgers conquistou 3.271 jardas áreas (6º), anotou 20 touchdowns (12º), tem um rating de 101.7 (10º) e sofreu apenas uma interceptação em 11 jogos – melhor marca da NFL entre os quarterbacks titulares.


4. Kirk Cousins – US$ 84 mi por 3 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 13 de março de 2018

Quando a chegada de Kirk Cousins à Minneapolis foi anunciada, muitos ficaram em dúvida acerca do que ele poderia fazer por lá. Mas seu desempenho após 11 partidas liderando o ataque dos Vikings mostrou que ele era a opção certa para a posição.

Cousins completou 71,1% de seus passes na temporada (3ª melhor marca da NFL) e lidera a liga no número de passes certos, com 318 (28,9 por jogo).


3. Khalil Mack – US$ 141 mi por 6 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 1º de setembro de 2018

Fã do esporte, quanto você pagaria para mudar o patamar do seu time? O Chicago Bears desembolsou quase 150 milhões de dólares pensando nisso e os resultados são nítidos. Khalil Mack chegou a Illinois para dar a alma que faltava ao elenco.

Até aqui, Chicago lidera a liga nos números de interceptações (20) e é a segunda equipe que menos cedeu jardas terrestres (889) e pontos (211) ao adversário.


2. Aaron Donald – US$ 135 mi por 6 anos

Posição no ranking de salários da NFL: 11º
Contrato assinado em: 31 de agosto de 2018

Se o rótulo de “defensor mais bem pago da NFL” durou apenas um dia na mão de Aaron Donald, o seu alto nível parece não ter previsão para se esgotar. O camisa 99 é o ponto de segurança na defesa dos Rams.

Em 11 jogos, Donald já acumula 14,5 sacks, três a mais do que o segundo colocado e número que já é o maior de sua carreira em apenas uma temporada.


1. Drew Brees – US$ 50 mi por 2 anos

Posição no ranking de salários da NFL:
Contrato assinado em: 13 de março de 2018

A renovação de Drew Brees com os Saints passou despercebida diante de uma offseason com muitas estrelas conquistando contratos milionários. Porém, pode-se dizer que o sexto jogador mais bem pago da liga é aquele com o melhor custo-benefício dentre os principais contratos da NFL que estão em seu primeiro ano de vigência.

Apesar da derrota para os Cowboys, com um erro incomum naquela que poderia ser a campanha da vitória, Brees tem um rating de 123,2, acumula 3.262 jardas aéreas, 30 passes para touchdowns e apenas três interceptações – ele só perde para Aaron Rodgers (1) neste quesito.