<
>

Pittsburgh Steelers massacra Carolina Panthers em noite iluminada de Big Ben

O Pittsburgh Steelers atropelou o Carolina Panthers, vencendo o jogo que abriu a 10ª semana da temporada da NFL por 52 a 21.

A quinta vitória seguida dos Steelers veio com uma grande atuação de Ben Roethlisberger, que lançou para 328 jardas e cinco touchdowns. James Conner, o substituto de Le’Veon Bell, correu 65 jardas e anotou um TD, mas deixou o campo mais cedo com uma suspeita de concussão.

Outro destaque foi Antonio Brown, que terminou o jogo com oito recepções para 96 jardas, incluindo um touchdown de 53 jardas no segundo quarto. Isso depois de ter problemas com a polícia ao ser flagrado dirigindo seu Porsche a 160 km/h em uma movimentada estrada do subúrbio de Pittsburgh.

Enquanto isso, pouca coisa positiva pode ser tirada do jogo dos Panthers, que vinham de três vitórias seguidas antes do massacre.

O time da Carolina do Norte até saiu na frente, anotando o primeiro touchdown do jogo, mas deixou o primeiro quarto perdendo por duas posses de bola, após sofrer 21 pontos em apenas 11 minutos.

Cam Newton sofreu com a pressão da defesa dos Steelers, que conseguiu cinco sacks. O quarterback completou 23 de seus 29 passes para 193 jardas, dois touchdowns e uma intercepção que foi retornada para touchdown.

Todos os touchdowns dos Panthers foram anotados por Christian McCaffrey, running back que terminou com 138 jardas totais (77 corridas e 61 recebidas), duas recepções que terminaram na endzone e um TD terrestre.

Os 52 pontos dos Steeles igualam a pior marca dos Panthers em sua história. Na véspera do Natal de 2000, Carolina perdeu para o Oakland Raiders por 52 a 9.

Liderando a AFC Norte com 6-2-1, os Steelers voltam a jogar no dia 18, encarando o Jacksonville Jaguars na Flórida. Já os Panthers, que vão seguir na segunda colocação da NFC Sul com 6-3, entram em campo no mesmo dia, jogando contra o Detroit Lions em Michigan.

Confira todas as estatísticas desta partida clicando aqui.