<
>

Mahomes, Gurley, e outros 'doutrinadores': os prêmios da NFL na metade da temporada

play
NFL: Drew Brees, quarterback dos Saints, mostra entrosamento perfeito em treino improvisado com os filhos (0:26)

QB brincou em postagem no Instagram publicada nesta quinta-feira (0:26)

Metade da temporada da NFL já se foi (sim, isso assusta), e é hora de premiarmos aqueles que se destacaram neste começo. Afinal, quem sai na frente para conquistar os prêmios que serão entregues na véspera do Super Bowl LIII?

Convocamos todos os especialistas na bola oval da redação da ESPN e fizemos uma eleição interna para definirmos os melhores até aqui. Nenhum nome foi unanimidade, e alguns eleitos ganharam por apenas um voto.

Confira quem são nossos eleitos:

MELHOR TÉCNICO: SEAN McVAY (RAMS)

McVay já levou o prêmio de melhor treinador na última temporada e começou 2018 se candidatando ao bicampeonato. A concorrência, porém, é pesada. O trabalho de Andy Reid com Patrick Mahomes é digno de nota, e Sean Payton – que o superou no último final de semana – também merece parabéns.


RETORNO DO ANO: J.J. WATT (TEXANS)

J.J. Watt está tão ligado à palavra “lesão” quanto à “prêmio” e “dominante”. Depois de problemas que deixatam o defensive end fora do campo por quase duas temporadas completas, ele voltou com tudo e já tem nove sacks em um time que venceu seis partidas seguidas após começar com três derrotas.


CALOURO DEFENSIVO DO ANO: DARIUS LEONARD (COLTS)

O camisa 53 dos Colts só foi recrutado na segunda rodada do draft, mas o linebacker está mostrando seu potencial ao liderar a liga em tackles (88) e ainda somar quatro sacks. Ele é um dos principais motivos para a defesa dos Colts ter evoluído além do que todos esperavam.


CALOURO OFENSIVO DO ANO: SAQUON BARKLEY (GIANTS)

Se o ataque dos Giants é alvo de muitas críticas a única reclamação envolvendo o nome do running back calouro é que a bola deveria ir ainda mais vezes para as mãos dele. Com 1.016 jardas totais, ele só fica atrás de Gurley e James Conner em toda a liga, e ainda é o oitavo que mais passes recebeu na temporada, considerando todas as posições.


JOGADOR DEFENSIVO DO ANO: AARON DONALD (RAMS)

A redação da ESPN está dividida, e não foi nada fácil!

Aaron Donald e Khalil Mack (Bears), os dois últimos vencedores do prêmio, foram os nomes mais lembrados na eleição, mas o doutrinador da defesa do Los Angeles Rams levou a melhor. E não é difícil entender o motivo. São 10 sacks em oito jogos na temporada para o líder de uma das defesas mais sólidas da NFL.


JOGADOR OFENSIVO DO ANO: TODD GURLEY II (RAMS)

Mais um que vem com tudo para o bicampeonato. Melhor jogador de ataque de 2017, Gurley é candidato até ao prêmio de MVP mais uma vez. São 1.230 jardas totais, com 868 delas em corridas. Se em 2017 ele teve 13 TDs terrestres, melhor marca da carreira, em nove jogos já são 12. Um monstro!


MVP: PATRICK MAHOMES (CHIEFS)

Em seu segundo ano na NFL, Mahomes encanta toda a NFL liderando um dos mais letais ataques da liga. Ninguém tem mais jardas lançadas do que ele (2.901) ou mais passes para touchdown (29). Além disso, ele consegue improvisar muito bem com as pernas e até lançar com a mão esquerda.


Apresentados os nossos escolhidos, é hora de você também opinar. Deixe o seu voto para cada uma das categorias: