<
>

Aaron Rodgers brilha 'só com uma perna', e Packers conseguem virada heroica contra os Bears

Um gênio as vezes nem precisa de duas pernas saudáveis para vencer uma partida. Foi o que Aaron Rodgers mostrou ao mundo neste domingo!

O quarterback deixou o segundo quarto da partida com uma lesão no joelho esquerdo, o mesmo que já havia passado por uma cirurgia, que parecia até ameaçar a sequência de sua temporada. Mas voltou no segundo tempo com uma proteção no local e comandou uma virada história do Green Bay Packers para cima do Chicago Bears por 24 a 23 que deixou o Lambeau Field eufórico.

Os Bears pareciam ter a vitória nas mãos.

Recém-chegado à equipe, Khalil Mack mostrava porque é o defensor mais bem pago de toda a liga. Ele terminou o primeiro tempo com um sack, um fumble forçado, um fumble recuperado, uma interceptação e um touchdown anotado.

O último jogador a ter feito isso havia sido justamente Mack, em sua estreia pelos Raiders em 2006 contra os Panthers.

Enquanto isso, os Packers sofriam com uma lesão de Aaron Rodgers. Após um sack de Hroniss Grasu, ele caiu de mal jeito e imediatamente levou a mão ao joelho esquerdo. Saiu do gramado de maca e deixou todo mundo preocupado. Poderia ser o fim da temporada dele – o que deixaria o desempenho de Green Bay altamente prejudicado.

Rodgers saiu da partida com o seu time perdendo por 10 a 0. Voltou na etapa final perdendo por 20 a 0.

Mas mesmo com ‘uma perna só’, comandou a reação. Primeiro com uma campanha de field goal e depois com mais três touchdowns, sendo o primeiro em um passe magistral de 39 jardas para Geronimo Allison e o último em um passe curto que terminou em um TD de 75 jardas após ótima arrancada de Randall Cobb já a 2:13 do fim.

Rodgers terminou a partida com 20 passes completados de 30 tentados para 286 jardas e três touchdowns.

Os Pakcers agora voltam a campo no próximo domingo para enfrentar o Minnesota Vikings, de novo no Lambeau Field. Já os Bears só entram em campo na segunda-feira, quando recebem o Seattle Seahawks.